Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

facebook_icon

Hoje: Máx Cº / Min °C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Um novo Papai Noel

Hans Bahr está em seu primeiro ano como Papai Noel da Weihnachtsfest e relata emoção com a experiência

c706d290b97fbbf08241a1904d9d762c.jpg Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode

Quem passou pela Weihnachtsfest neste ano, mais especificamente na Casa do Papai Noel, já reparou que o personagem está sendo feito por uma pessoa diferente em 2019. Hans Bahr é o novo Papai Noel de Pomerode, assumindo o papel na festa de Natal e também em eventos nas escolas e outras instituições da cidade.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/906dd0914713bf0c60baa626ec8a4857.jpg

 

Ele conta que esta é a sua primeira experiência como Papai Noel e que a ideia partiu de duas pessoas muito especiais. “A ideia veio das minhas netas, Valentina, de oito anos, e Pietra, de sete. Eu estava deixando a barba crescer por cerca de três meses e ela estava grisalha, então elas olharam pra mim e sugeriram que eu fosse Papai Noel, porque a barba estava bonita. Decidi que realmente faria isso e esperei quase um ano para a barba ficar como está agora”, comenta o Papai Noel.

Bahr fez a inscrição na Prefeitura e foi o escolhido, após um mês de seleção, assumindo o posto que antes de Rolf Roland Herzog.

 

(Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode)

E a experiência, de acordo com o novo Papai Noel, tem sido surpreendente. “Antes de atuar como Papai Noel, não imaginava que fosse algo tão puro, tão bonito. É incrível a pureza do significado do Natal e poder perceber a verdade que as crianças e os idosos transmitem, principalmente”, ressalta.

Com as crianças, pergunta se são comportadas, se obedecem em casa, comem frutas e verduras, e Bahr admite que é incrível como são sinceras nas respostas. O Papai Noel também esteve no Pommernheim e no Hospital e Maternidade Rio do Testo e destaca a emoção nestes locais. “Quando cheguei ao Pommernheim, foi uma alegria indescritível e percebi como eles retornam ao tempo de infância, relembrando a juventude e a infância. No Hospital, também consegui trazer de volta a alegria e a esperança para as pessoas que ali estão, o que é gratificante”, enaltece.

Mas o momento mais emocionante, na sua opinião, foi quando esteve presente no encerramento da Apae, no Teatro Municipal.

“Eu até chorei, porque houve muita emoção quando estive lá. Era quase palpável a alegria e a verdade que vinha dos alunos, que me abraçavam com toda a força. São pessoas muito especiais e eu me emocionei muito”.

Como Papai Noel, ele vê que as pessoas estão voltando a perceber o que verdadeiramente significa o Natal e afirma que muitas famílias, quando o encontram, vêm pedir união, saúde, coisas não materiais, além de lembrarem do nascimento de Cristo.

 

(Foto: Daniel Zimmermann)

“Estou muito envolvido com a tarefa de ser Papai Noel e me surpreendi muito, é tudo muito bonito. Quando fico no Centro Cultural, se há pessoas para atender, fico depois do horário, até que todos que esperam recebam a devida atenção e, inclusive, busquei inovar, com um traje diferente, além do tradicional, inspirado na nossa cultura, mas sem deixar de lado a roupa tradicional”, conta.

Bahr pretende continuar como Papai Noel em 2020 e revela já ter várias ideias para o próximo ano, ansioso para colocá-las em prática.

 

Quer ser o primeiro a receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.

 



Tags:
Veja também: