Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 24°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Últimos dias da Campanha de Vacinação contra a Gripe

Nestes, de acordo com o último balanço, feito na segunda-feira, 27 de maio, foram 72,01% das crianças vacinadas; 76,16% dos trabalhadores da saúde; 54,42% das gestantes; 95,83% das puérperas; 84,51% dos idosos (acima de 60 anos); 94,10% dos professores e 67,68% dos portadores de doenças crônicas

a6823741f922f0f050a10ba08a018ea1.jpg Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe termina, oficialmente, nesta sexta-feira, 31 de maio. De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Pomerode, a cobertura total de vacinação na cidade chegou a 76,87% do público que deveria ser vacinado, os chamados grupos de risco.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/906dd0914713bf0c60baa626ec8a4857.jpg

 

Nestes, de acordo com o último balanço, feito na segunda-feira, 27 de maio, foram 72,01% das crianças vacinadas; 76,16% dos trabalhadores da saúde; 54,42% das gestantes; 95,83% das puérperas; 84,51% dos idosos (acima de 60 anos); 94,10% dos professores e 67,68% dos portadores de doenças crônicas.

A gerente de Vigilância Epidemiológica de Pomerode, Jaqueline Gustmann, afirma que a meta era vacinar 90% do público alvo e que a adesão poderia ter sido maior em Pomerode. “Poderia ser melhor, vacinamos um número considerável, mas sabemos que há muitos que têm direito à vacina e não procuram a unidade de saúde para se imunizar”, afirma.

Ela também destaca que ainda não há a confirmação sobre uma prorrogação da campanha, para que a meta de 90% seja alcançada.

Em Santa Catarina, já são cinco mortes por causa da gripe A (H1N1) em 2019, segundo boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) divulgado na segunda-feira, 27. Todos os pacientes tinham algum fator de risco associado. 

Os pacientes que morreram são moradores de Blumenau e Brusque, no Vale do Itajaí; Jaraguá do Sul e São Francisco do Sul, no Norte; e Tubarão, no Sul. Duas vítimas tinham mais de 60 anos.

De acordo com a Dive/SC, de maio a agosto são os meses em que os vírus mais circulam, historicamente. A diretoria recomenda que os pacientes procurem o serviço de saúde aos primeiros sintomas da gripe, especialmente, as pessoas que tenham algum fator de risco associado. 

A Dive/SC também informou que, até sexta-feira, dia 24, 70,11% dos grupos prioritários havia se vacinado contra a gripe. Fazem parte dos grupos prioritários:

- crianças (seis meses a menores de seis anos);
- gestantes;
- trabalhadores da saúde;
- mães até 45 dias após o parto;
- povos indígenas;
- idosos;
- professores;
- portadores doenças crônicas;
- presos;
- funcionários do sistema prisional;
- profissionais das forças de segurança e salvamento.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode
Tags:
Veja também: