Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 30Cº / Min 19°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Tratamentos eficazes para o câncer de próstata

O mês de conscientização sobre a doença é novembro, mas nunca é cedo demais para se prevenir contra o câncer

9dd5f7a05fed6eae06a083534396e747.jpg Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, no Brasil. No ano de 2018, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que 68.220 novos casos tenham sido diagnosticados no País. Em relação às mortes, de acordo com o Ministério da Saúde, em 2017 foram 15.391 óbitos em decorrência do câncer de próstata.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Diante do grande número de casos, todos os anos, foi criada a campanha Novembro Azul, que alerta para a importância da prevenção e da investigação precoce. Todos os homens, a partir dos 50 anos, devem fazer o exame que detecta a doença. Já para aqueles que possuem um histórico na família, de ocorrência de câncer de próstata, devem fazer o exame preventivo já a partir dos 45 anos de idade.

A primeira parte da investigação para apurar a existência, ou não, da doença é a realização dos exames de sangue, para avaliar a dosagem de PSA (antígeno prostático específico), e exame do toque retal, que ainda é considerado um tabu para muitos homens.

Na maioria dos homens, o nível de PSA costuma permanecer abaixo de 4 ng/ml. Alguns pacientes com nível normal de PSA podem ter um tumor maligno, que pode até ser mais agressivo, por isso esse exame, feito de forma isolada, não pode ser a única forma de diagnóstico. Nenhum dos dois exames têm 100% de precisão. Por isso, podem ser necessários exames complementares. A biópsia é o único procedimento capaz de confirmar o câncer.

“A partir do momento que é confirmada a existência da doença e ela é definida, avaliamos o tipo de tratamento a ser adotado, já que temos uma variedade de possibilidades. O tratamento adotado irá depender da condição em que se encontra cada paciente”, explica o urologista Raphael Lahr.

Entre as possibilidades está o procedimento cirúrgico, que é frequentemente usada em casos de complexidade intermediária. E, atualmente, uma opção menos agressiva ao corpo é um diferencial oferecido em Pomerode.

“Uma das melhores opções, hoje, para o tratamento do câncer de próstata é a cirurgia por videolaparoscopia, que torna o processo mais preciso, com menos efeitos colaterais e mais benefícios. Além dela, existe também a opção da cirurgia robótica, que é um método parecido, mas com uma tecnologia ainda mais avançada. Esta, é oferecida, no estado de Santa Catarina, somente em Blumenau”, ressalta Lahr.

 

(Foto: Divulgação)

Um dos maiores medos dos homens, quando descobrem ter o câncer de próstata são as complicações que podem ocorrer. Duas das maiores são a impotência sexual e a incontinência urinária, que podem ocorrer devido à cirurgia. Porém, os procedimentos videolaparoscópico e robótico reduzem os riscos de desenvolver estes problemas. Tudo varia, também, de acordo com o grau da doença e com a idade do paciente.

Estes dois tipos de procedimento também oferecem outros resultados muito superiores, como menos dor no pós-cirúrgico, menor tempo de recuperação, uso menor analgésicos, menos tempo com o uso da sonda, volta mais rápida às atividades normais, estética melhor, também.

O urologista também destaca a importância dos exames preventivos. “Quando antes descobre a doença, melhores são as chances de cura e menos efeitos colaterais. A demora na procura tem um preço muito alto para o restante da saúde e qualidade de vida desta pessoa”, finaliza.

 

 

Serviço

Rua Hermann Weege, 2727, Centro
Contato: (47) 3395-3892

 

Quer ser o primeiro a receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.

 



Veja também: