Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 20Cº / Min 13°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Rafael Ramthun volta às pistas com vitória

No último fim de semana, o Campeonato Catarinense de Velocidade na Terra desembarcou em Santa Cecília, para a 4ª etapa.

fe1aa1b03075a29842645f9cd834f73c.jpeg Foto: -Piloto recebendo o troféu de campeão da segunda bateriaJimmi Torres

Pouco mais de dois meses após ter sofrido um grave acidente, no Autódromo Max Mohr, em Ascurra, o piloto Rafael Ramthun voltou às pistas. No último fim de semana, o Campeonato Catarinense de Velocidade na Terra desembarcou em Santa Cecília, mais precisamente, no Autódromo Aldo Leal Tramontini, para a 4ª etapa da competição.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

A equipe 47 estreou seu novo carro e voltou de lá com pontos importantes para a sequência das disputas. “Foi um fim de semana positivo, apesar do carro ter voltado com algumas ‘marcas’. No sábado, eu larguei na segunda posição e acabei sendo atingido por vários veículos mas, felizmente, os danos foram pequenos e conseguimos finalizar a prova, na quarta posição. Já no domingo, larguei em quarto, mas finalizei na primeira posição. Os resultados ampliaram a nossa vantagem no campeonato”, destaca.

 

Carro 47 está na liderança da Marcas A (Foto: Jimmi Torres)

Agora, o foco é manter a distância para o segundo colocado, Rafael Balestrim, atual campeão da Marcas N e TCC. “Temos mais duas etapas pela frente, uma delas justamente em Ascurra, lugar onde adoro andar, mas que tive o meu acidente, há dois meses. Se conseguirmos andar na frente do nosso concorrente direto, teremos grandes chances de conquistar o título de 2019”, relata o piloto da Marcas A.

Para ele, nesta altura do campeonato, terminar as provas pode ser a diferença para a conquista da taça ou não. “Podemos até andar atrás de outros, mas se eu conseguir me manter à frente do meu xará, ou próximo dele, vai ser muito importante, daqui para frente, afinal, somente eu e ele ainda temos chances no campeonato. Por isso, quero agradecer, primeiramente, a Deus, pela proteção, e a todos que, de alguma forma, torcem pela nossa equipe entre familiares, amigos e patrocinadores”, conclui Ramthun.

 

Podemos até andar atrás de outros, mas se eu conseguir me manter à frente do meu xará, ou próximo dele, vai ser muito importante, daqui para frente, afinal, somente eu e ele ainda temos chances no campeonato.

 

O Campeonato Catarinense de Velocidade na Terra volta à cidade de Ascurra, nos próximos dias 19 e 20 de outubro, no Autódromo Max Mohr. E a última etapa será realizada novamente em Santa Cecília, nos dias 23 e 24 de novembro.

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Tags:
Veja também: