Domingo, 15 de Dezembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 24°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Polícia Militar de SC desencadeia operação “Varejo – II”

Ação tem como objetivo realizar o combate ao comércio ilegal de cigarros e foi colocada em prática em diversos municípios da região

50b3133860142df1c56887714ce8ea6d.jpeg Foto: Divulgação / Polícia Militar

Nesta quinta, 11 de julho, a partir das 08h, a Polícia Militar de Santa Catarina desencadeou a operação “Varejo II”, que tem o propósito de combater  o  comércio ilegal de cigarros em todo o Estado. Além disso, a operação prevê ainda apreender demais materiais de procedência duvidosa – produtos de descaminho ou contrabando –  armas de fogo, entorpecentes e, a prisão e apreensão de eventuais infratores.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/906dd0914713bf0c60baa626ec8a4857.jpg

 

Os três municípios que compõem a Guarnição Especial de Indaial (Gein), Indaial, Timbó e Pomerode, também participaram da operação, a qual contou com efetivo de 20 policiais militares, em oito viaturas, bem como teve  apoio de outros órgãos, como Procon e Setor de Tributos e Postura das prefeituras, obtendo o seguinte resultado:

- 50 pessoas abordadas;

- 185 carteiras de cigarro do Paraguai apreendidas;

- Três bares fechados por falta de Alvarás;

- Um Termo Circunstanciado por jogo de azar;

- 31 estabelecimentos vistoriados;

- 329 pares de tênis de marcas famosas, aparentemente falsificados, apreendidos.

 Santa Catarina vem contabilizando consequentes prejuízos no tocante a venda de cigarros contrabandeados para consumo no Estado. Segundo levantamento da Secretaria da fazenda  de Santa Catarina, o estado deixa de arrecadar mensalmente  R$ 7 milhões, os quais perfazem o montante anual de  R$ 84 milhões. No Estado, 48% dos cigarros que circulam são clandestinos, representando R$175 milhões não arrecadados.​



Veja também: