Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 16°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Observatório Social Mirim contempla 10 escolas pomerodenses

Projeto teve duração de um mês e contou com a participação de voluntários e mais de 430 alunos das escolas públicas e particulares

12b269db9ea1dd3edd6cafdbb8d7a76d.jpg Foto: Divulgação

O Observatório Social de Pomerode iniciou suas atividades no ano de 2018. Neste ano, decidiu implementar um projeto para envolver crianças com o objetivo de mostrar a importância do trabalho do Observatório e abordar temas que agregam no conhecimento político, econômico e social. E, 10 escolas, das redes municipal e particular da cidade, tiveram atividades lúdicas e práticas para absorverem os conteúdos aprendidos, repassados por voluntários que se despuseram a participar do projeto.

E, nesta terça, dia 09 de julho, as voluntárias que tiveram participação no projeto, seu reuniram na sede da Associação Empresarial de Pomerode (Acip), para levantar os pontos sobre os encontros com os alunos das escolas pomerodenses. No fim, elas receberam uma lembrança do Ospom de Pomerode, pelo serviço prestado de forma voluntária.


Voluntárias receberam uma lembrança, nesta terça, na sede da Acip

Alunos do 6º ano das escolas municipais E.B.M Almirante Barroso, E.B.M. Amadeu Luz, E.B.M, E.E.B.M. Curt Brandes, E.B.M. Duque de Caxias, E.B.M. Hermann Guenther e E.B.M. Olavo Bilac, E.B.M Noemi Schroeder e E.B.M. Vidal Ferreira e do 4º ano das particulares Nossa Senhora de Fátima e Colégio Sinodal Doutor Blumenau, totalizando 430 alunos. As unidades de ensino foram mapeadas e selecionadas em parceria do Observatório Social de Pomerode com a Secretaria de Educação municipal.

Durante os 30 dias, os voluntários iam até as escolas para passar conteúdos sobre como funciona os três poderes da justiça brasileira, os direitos e deveres do cidadão, educação fiscal, como funciona um cupom ou nota fiscal, a importância social dos tributos, o voto consciente, corrupção e a fiscalização e acompanhamento da Administração Pública. No fim, todos os alunos receberam um certificado e uma lupa, o símbolo do Observatório.

Uma das voluntárias que também foi uma das organizadoras das aulas e encontros nas escolas, Letícia Fernandes, comenta a experiência que teve, trabalhando no projeto.

“Estou desde o começo do ano, no Observatório Social. Ter participado desse projeto foi muito gratificante, pois as crianças são o futuro e é importante que elas saibam como funciona o meio político, a economia e saber sobre a nossa sociedade, como um todo”, relata.

O presidente do Ospom, Maurício Nienow, afirma que as ações desenvolvidas pelo órgão visam melhorias nas compras públicas.

“O Observatório Social de Pomerode, bem como todos aqueles inseridos na rede dos Observatórios Sociais, pretende melhorar a qualidade e preço nas compras públicas. O Ospom é um espaço aberto para o exercício da cidadania, pretendendo a inserção do povo na gestão pública de modo que cada vez mais seja solicitada a qualidade nos serviços e produtos, exigindo, também, a transparência", explica.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Raphael Carrasco/JP
Veja também: