Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 23Cº / Min 14°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Morro Azul: lazer e beleza em um só lugar

Série de reportagens irá mostrar um pouco mais sobre a história dos Morros que se localizam em Pomerode

0c6532a8728f93ae8e1c917140bccd0d.jpg Foto: Raphael Carrasco /Jornal de Pomerode

Um local cercado de muita natureza e uma vista privilegiada. O Jornal de Pomerode inicia uma nova série de reportagens sobre a história dos morros que se encontram no nosso município e iremos começar falando do Morro Azul, que pertence ao município de Timbó, mas que possui uma parte que fica em Pomerode.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Com 758 metros de altura, o Parque Natural Municipal Freymund Germer, tem uma área de, aproximadamente, 40 hectares, o equivalente a 40 campos de futebol. Do seu pico é possível observar Blumenau, Pomerode e Timbó. Em dias com baixa nebulosidade, é possível ver o município de Barra Velha, no litoral. 

Quem dá as boas-vindas à entrada do Morro Azul são as hortênsias, que tomam conta das margens da rua e chamam muito a atenção. Chegando na entrada do parque, há opção para estacionar, mas é possível subir o percurso até o cume de carro. Há aventureiros que preferem ir caminhando ou até pedalando, mas famílias com crianças, pessoas com dificuldade de locomoção e aqueles mais preguiçosos, geralmente, escolhem a primeira opção. Lá no topo, há um observatório que permite ao visitante olhar um pouco mais de perto os municípios que podem ser visualizados lá de cima.

 

(Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

E, também recentemente, um coração com o nome da cidade de Timbó, foi colocado em um dos mirantes, o que rende boas fotos com uma paisagem de fundo espetacular. Bem do ladinho, há um balanço, onde o visitante pode se sentar e apreciar todos os atrativos que o local oferece. 

Além das belezas naturais, o Morro Azul é um local bem conhecido pelos amantes de esportes radicais, desde o ciclismo até aqueles que praticam voos de parapente. Por lá, são realizadas etapas catarinenses da modalidade, tendo como ponto de decolagem o pico do Morro. E, há 17 anos, Émerson Costa, vice-presidente do Grupo Pomerano de Parapente, realiza seus voos por aquela região. A rampa do Morro é considerada como a oficial do Clube. Com 25 anos de fundação e, atualmente, com 60 membros, o conjunto pratica voos com frequência, no local. 

 

Um balanço também foi instalado no local. (Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

“A rampa de decolagem do Morro Azul é bem conhecida por vários pilotos, pois ela traz condições de voo, tanto para quem gosta da modalidade lift, que é a sustentação derivada do vento que bate na montanha, quanto pelos voos de térmicas, que nos proporcionam deslocamentos em distâncias longas a partir da decolagem deste pico. São vários voos acima de 100km, a partir deste ponto”, explica.

 

(Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

Curiosidades

O dia 23 de julho de 2013 se tornava histórico para Pomerode. Isso porque, naquela madrugada, a neve chegava à cidade, fazendo com que o Morro Azul amanhecesse pintado de branco, bem como, em outros pontos mais altos da cidade. Naquela época, a Epagri/Ciram já alertava há dias que uma intensa massa de ar polar passaria pela região.

Foi a partir da 01h do dia 23 que a temperatura em Pomerode chegou aos 0°C, uma das condições para que ocorra a neve. O fenômeno foi esperado em pontos mais baixos da cidade, como o Centro, mas foi apenas em locais mais elevados da cidade, como o Morro do Schmidt, Morro da Turquia e Morro Azul foram decorados pelos tão esperados flocos brancos.

Naquela manhã, mesmo com o frio intenso, muitos de aventuraram a subir até estes pontos mais altos para contemplar a beleza do fenômeno e quem teve essa oportunidade, certamente, jamais a esquecerá.

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Veja também: