Domingo, 25 de Agosto de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 22Cº / Min 12°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Insuficiência venosa crônica e varizes

As varizes são veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas, caracterizando uma alteração funcional da circulação venosa do organismo

0e2865a88033d0789e7e2ed239785645.jpg Foto: Divulgação

As varizes são veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas, caracterizando uma alteração funcional da circulação venosa do organismo, com maior incidência entre as mulheres.

 

Como saber se tenho varizes nas pernas?

1. Dores do tipo cansaço, ardência, queimação ou sensação de peso nas pernas, geralmente ao longo do dia, pior ao ficar muito tempo em pé e nos dias mais quentes;

2. Inchaço nas pernas;

3. Coceira na pele sobre a veia varicosa, alteração de coloração das pernas, manchas acastanhas ou intensa vermelhidão;

4. Úlceras / feridas nas pernas;

5. Presença visível de veias varicosas;

 

O que provocam varizes nas pernas?

1. Gravidez;
2. Ser do sexo feminino;
3. Idade avançada;
4. Excesso de peso e obesidade;
5. História familiar de varizes;
6. Passar muito tempo em pé;
7. Sedentarismo: ausência de atividade física regular;
8. Passado de Trombose Venosa Profunda.

 

O que fazer para evitar as varizes nas pernas?

1. Evite ficar muito tempo na mesma posição 
2. Use sapatos confortáveis 
3. Pratique atividade física: caminhar ou pedalar por 30 minutos, todos os dias; ou 1 hora, 3x na semana
4. Use meias de compressão, prescritas sempre pelo médico vascular
5. Controle o seu peso 
6. Pare de fumar

 

Como tratar ?

1. Cirurgia: microcirurgia com retirada apenas das varizes, ou cirurgias mais amplas, que envolvem o tratamento das veias safenas. Essas podem ser tratadas pelo método convencional, que é a retirada da veia safena, ou por meios mais atualizados, como “cauterização” através de métodos menos invasivos, endovasculares, como o laser, ou a radiofrequência.

2. Escleroterapia: conhecida como “aplicações” são realizadas em consultório e servem para tratar as “microvarizes”, mais arroxeadas no meio da pele.Que normalmente tem um prejuízo mais visual que funcional. Não causam dores ou desconfortos.

O tratamento é individualizado para cada caso e cada paciente. Procure cirurgião vascular para saber qual o melhor para o seu caso.

Dra. Patrícia Mandryk Mellek Kaestner



Veja também: