Domingo, 18 de Agosto de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 27Cº / Min 18°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Informação inspirada em você

O Jornal de Pomerode comemora duas décadas de existência e, além da sua edição impressa, investe no jornalismo digital. Foi no dia 1º de junho de 1999 que circulou a primeira edição impressa do Jornal de Pomerode e, já de cara, mostrou a que veio

bceed75b6516f398e2bcaf91bb753e0a.jpg Foto: -Equipe do Jornal de PomerodeJornal de Pomerode

20 anos. 240 meses. 7.300 dias. Em todo este tempo, Pomerode tem à sua disposição um veículo de comunicação que sempre prezou pela qualidade da informação, principalmente, com ética e idoneidade. Foi no dia 1º de junho de 1999 que circulou a primeira edição impressa do Jornal de Pomerode e, já de cara, mostrou a que veio.

Diferente de outros jornais que a cidade possuía, o periódico quinzenal inovou, trazendo quatro páginas coloridas, incluindo sua capa e contracapa, o que mostrava que o Jornal de Pomerode estava à frente do seu tempo. Com 16 páginas e 800 exemplares, começava a sua trajetória dentro da cidade mais alemã do Brasil. 

Consolidando-se a cada edição, em 2002, o Jornal de Pomerode deu mais um passo importante dentro de sua história. Novamente, de maneira inédita, passou a circular semanalmente, trazendo ainda mais agilidade na propagação das informações. Seguindo as tendências digitais, que iniciavam a sua caminhada, em 2003 passou a trazer notícias on-line, por meio de seu site. O mundo cibernético passou a fazer parte do dia a dia do jornal, fazendo dele uma referência nesse quesito.

Alguns anos se passaram e o periódico, cada vez mais forte, galgava seu espaço dentro do jornalismo, não só pomerodense, mas também, estadual, com a obtenção de diversas premiações. Mas foi na década de 2010 que as transformações que o mundo vivia, começaram a fazer parte, também, do Jornal de Pomerode.

No ano de 2011, em outro passo importante, o JP veiculou seu primeiro vídeo, inaugurando uma nova forma de levar a informação. Dois anos mais tarde, diante da demanda que se fazia presente, o jornal passou a circular duas vezes por semana, mais uma vez, de forma pioneira. Isso lhe deu ainda mais credibilidade dentro da comunicação estadual, na qual, passou a ser reconhecido como um dos melhores de Santa Catarina.

Só que a palavra “estagnação” não faz parte do vocabulário do JP. Vislumbrando ampliar o seu campo de atuação, em 2016, o jornal fez a sua primeira Transmissão Ao Vivo, o que se tornou um marco dentro da comunicação pomerodense. Neste momento, o panorama digital começava a tomar conta do cotidiano das pessoas. E essa agilidade na propagação das informações foi a peça fundamental para a criação da TVJP, em 2017, trazendo a credibilidade do impresso, conquistada ao longo dos anos, para o audiovisual.

Em 2018, mantendo essa vocação de crescimento, o Jornal de Pomerode atingiu os 50 mil seguidores no Facebook, que acompanham, quase que em tempo real, todas as notícias. Um ano mais tarde e, novamente, acompanhando as tendências mundiais, foi a vez do Instagram ser contemplado com 10 mil seguidores. Ou seja, disseminando notícias, cada vez mais rápido, de maneira ética e imparcial.

E agora, no dia em que completamos 20 anos de atuação, chegamos ao limite? Lógico que não. A partir de hoje, o Jornal de Pomerode se transforma em diário, trazendo notícias sete dias por semana, para você, em nosso reformulado site e nas redes sociais. E o jornal impresso ganha um novo layout, mais leve, com aquele conteúdo exclusivo que só o JP sabe fazer, baseado em duas décadas de experiência e respeito com os leitores, internautas e parceiros comerciais.

Para o diretor administrativo, Ivan Koch, o Jornal de Pomerode, apesar de todas as mudanças, nunca perdeu o seu foco.

“Dos 20 anos do JP, estou há 16 na empresa. Nesta trajetória, o Jornal de Pomerode teve muitas mudanças, mas nunca perdeu sua essência, de trazer qualidade, tanto editorial, como no material para seus leitores e anunciantes. Não foi nada fácil chegar até aqui, mas sei que cada passo dado, certo ou errado, foi para o crescimento da empresa e, hoje, possuímos uma estrutura de qualidade para dar todo suporte aos nossos clientes e assinantes. Agradeço ao meu sócio, Mani, que me deu a oportunidade de sonhar e realizar junto este empreendimento; aos nossos colaboradores, que não medem esforços em suas atividades; e, em especial, aos nossos assinantes e anunciantes, que são a razão da existência do JP. Sinto-me realizado e orgulhoso de fazer parte da história do primeiro jornal impresso pomerodense, a chegar aos 20 anos de existência”.

Já para o diretor geral, Manfredo Goede, o Mani, o JP tem um lugar cativo no coração dos moradores de nossa cidade.

“Ao longo desses 20 anos, vi o jornalismo se transformar e senti que não somos apenas uma empresa que vende anúncios e jornal, somos uma parte da história dos pomerodenses. Milhares de pessoas já passaram pelas páginas impressas do Jornal de Pomerode, contando suas histórias e enaltecendo suas conquistas. Fico feliz que podemos fazer parte desses momentos e, agora, há um novo desafio, de trazer diariamente essas notícias, pelo meio digital, e semanalmente, no impresso, revolucionando a forma de fazer jornalismo, de qualidade e veracidade. Nossa equipe está alinhada com as inovações e tenho certeza que nossos leitores irão curtir, compartilhar e acessar nossas informações”.

 

 



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode
Veja também: