Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 24°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

HMRT e Prefeitura chegam a acordo de convênio até o fim do ano

Na última segunda-feira, dia 27 de maio, uma reunião no Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Pomerode, decidiu que um novo convênio entre o Executivo e o Hospital e Maternidade Rio do Testo (HMRT), no valor de R$ 2.938.310,15, fosse assinado

068a24b16df9bda5b71fc79d01797ad3.jpg Foto: Divulgação / PMP

Na  última segunda-feira, dia 27 de maio, uma reunião no Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Pomerode, decidiu que um novo convênio entre o Executivo e o Hospital e Maternidade Rio do Testo (HMRT), no valor de R$ 2.938.310,15, fosse assinado.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/906dd0914713bf0c60baa626ec8a4857.jpg

 

Após uma série de avaliações e conversas sobre o assunto, um documento, que segue as determinações do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisamvi), foi elaborado afim de estipular algumas metas e valores, objetivando mais eficiência e controle dos gastos dos dois lados.

Segundo Frank Volkmann, diretor do HMRT, há divergências com relação aos valores acordados, porém, ficou acertado, entre ambas as partes, que, após um período de três meses, uma avaliação será feita para conferir se os valores irão dar conta no orçamento do Hospital. A vigência do contrato assinado na segunda é de maio até dezembro deste ano. Somados, os valores investidos até agora chegam perto dos R$4 milhões. 

“Achamos que esse orçamento talvez não seja o suficiente até o fim do ano. Porém, definimos que será feita uma nova avaliação após três meses, para ver se realmente irá atender a demanda necessária para a comunidade”, comenta o diretor.

Um dos principais fatores apontados no convênio é o atendimento de urgência e emergência que terá mudanças. O município irá custear a implantação de um sistema de triagem. Ou seja, o paciente, ao chegar no hospital, será avaliado e receberá uma pulseira que indicará, através de cores, a gravidade do caso e a necessidade na agilidade do atendimento.

Fazem parte do convênio os incentivos aos serviços de consultas e exames, que integram as consultas ambulatoriais e exames como ultrassonografia e radiologia. Os pagamentos ao hospital ocorrerão mediante produção. O contrato também prevê um incentivo às cirurgias eletivas.

Além disso, também será implementada uma espécie de central de custos, afim de melhorar o controle dos valores e também serviços prestados pelo HMRT. Além da verba que recebe da Prefeitura, parte dos valores chegam do Governo de Santa Catarina.

 



Veja também: