Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 34Cº / Min 21°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Há 149 anos sendo referência na educação

EBM Olavo Bilac comemora quase 150 anos de fundação, com homenagens às gerações

29a653d0aa35e21dad96a698cd5a5669.jpg Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode

Amaior e mais antiga escola de Pomerode esteve em festa nesta semana. No dia 02 de outubro, a Escola Básica Municipal Olavo Bilac celebrou 149 anos de fundação. Neste mesmo dia, no ano de 1870, era criada a instituição, denominada “Deutsche Schule”.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Para celebrar a data histórica, a escola preparou uma programação especial, realizada na quarta-feira, dia 02. Na parte da manhã, a partir das 7h30min, todos os alunos da instituição se reuniram em frente à escola, para um cerimonial em homenagem à data. 

A fim de demonstrar o quanto a escola fez parte de muitos pomerodenses, uma família, que teve quatro gerações como estudantes da Olavo Bilac, foi convidada para receber a homenagem. Anita Luemke, de 95 anos, é a bisavó da família. A filha dela, Hilária Tribéss também foi aluna da escola Olavo Bilac, assim como Letícia Tribess Volkmann, da terceira geração e Beatriz Anita Volkmann, da quarta geração, que ainda estuda na E.B.M. Olavo Bilac.

 

Beatriz, sua avó Hilária e a bisavó Anita. (Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode)

A estudante, juntamente com sua mãe, avó e bisavó, foram as responsáveis pelo descerramento de uma placa especial, que faz a contagem regressiva para o sesquicentenário (150 anos) da escola, comemorados daqui a um ano.

Beatriz também falou sobre o sentimento em poder dividir este momento com a sua família, que faz parte da história da E.B.M. Olavo Bilac. “Eu achei bastante gratificante, porque pudemos acompanhar a evolução da escola com o passar dos anos e eu estou muito feliz em poder estar aqui com elas”, afirma.

A estudante do 9º ano da Olavo Bilac também comentou sobre um trabalho escolar que permitiu a ela conhecer mais sobre a história da própria família. “Às vezes, a gente troca histórias sobre o tempo vivido na escola. Uma vez, fiz um trabalho sobre a Olavo e entrevistei elas, na época em que minha bisavó ainda estava melhor. Minha família me contou como era a escola no tempo delas, quem foram seus professores, e como eram as suas aulas”, revela Beatriz.

A representante da quarta geração na escola ressalta, ainda, que a experiência em comum fortalece a relação entre elas. “Isso porque podemos trocar muitas histórias. Eu acho que ficaram bastante felizes por estarem aqui novamente, porque, mesmo há tanto tempo que estudaram aqui, ainda foram lembradas, se programaram para vir e gostaram muito de estar aqui”, garante a estudante.

 

Depois do descerramento da placa, os alunos do turno matutino se reuniram em frente à escola e tiraram uma foto oficial, com todos reunidos.

 

(Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode)

O ritual foi repetido na parte da tarde, com os alunos do turno vespertino. Para representar as gerações que já passaram pelo educandário ao longo de sua história, os convidados vieram da família Glatz. Norberto Glatz foi o primeiro a frequentar a escola, seguido da filha, Evelina Glatz, da neta Kelli Cristina Pasold e João Vitor Machado, bisneto de 10 anos.

Evelina estudou na Olavo Bilac entre os anos de 1972 e 1977, na época em que oferecida somente até a quarta série. “Foi um período muito bom e eu fui uma ótima aluna, não repeti o ano nenhuma vez”, comenta.

 

Kelli, o filho João Vitor, a mãe Evelina e o avô Norberto. (Foto: Isadora Brehmer / Jornal de Pomerode)

A sua filha, Kelli, foi aluna da Olavo de 1994 a 2002, cursando o Ensino Fundamental completo na escola. Durante a cerimônia, a ex-aluna fez um discurso, falando sobre o sentimento em ter estudado nesta instituição. “Tenho muito orgulho de ter estudado aqui, sempre foi referência na questão do ensino, além de sermos como uma família. Todos os funcionários sempre nos acolheram muito, o que foi muito bom. E fico muito contente por meu filho, o João Vitor, também estar fazendo sua história aqui”, ressaltou.

O bisavô, Norberto Glatz, comenta sobre a evolução da escola, se comparado à sua época. “Eu estudei aqui de 1942 até 1949, quando ainda era uma construção bem antiga. Hoje, a escola tem o dobro do tamanho, o que me deixa feliz, pois gostei muito de estudar aqui”, disse.

 

Contagem regressiva

Conforme dito, a E.B.M. Olavo Bilac iniciou, ainda, a contagem regressiva para a comemoração dos 150 anos do local. Durante este um ano, até a data comemorativa, serão realizadas atividades e eventos focados na história, e valorização das pessoas que passaram pela escola. As turmas ficarão responsáveis por, diariamente, trocar as placas com o número dos dias que faltam para o sesquicentenário. 

 

História preservada

A escola foi fundada graças ao esforço dos seguintes moradores: Friedrich Arndt, Karl Berner, Karl Borchardt, Karl Dreger, Gottlieb Enke, Karl Fischer, Karl Glatz, Eduard Hartmann, Wilhelm Hein, Fritz Karsten, Karl Koch, Hanz Kröger, Julius Lach, Wilhelm Lümbke, Wilhelm Radünz, Fritz Rux, Karl Siewert, Wilhelm Siewert, Johann Steinert, Gustab Storch, Wilhelm Rusch, Karl Weege, Ernst Wegner e Michel Würdt. O primeiro professor foi Ferdinand Hackbarth. Estes nomes estão registrados em uma placa criada quando a escola comemorou 65 anos, em 1935.

Um ano depois, o local passou por uma alteração em seu estatuto, passando a se chamar Escola Municipal de Blumenau. Em 1937, Erwin Curt Teichmann passou a dar aulas no local e foi o primeiro professor a introduzir o ensino em português. Por volta de 1940, a escola recebeu como patrono Olavo Bilac. Por fim, em 1959, quando Pomerode se tornou município, a escola foi denominada Escola Municipal de Pomerode e, no ano de 1980, passou a se chamar Escola Básica Municipal Olavo Bilac.

Hoje, a instituição tem 773 alunos e 70 funcionários, sendo a maior e mais antiga instituição de ensino de Pomerode. Sua atual diretora é Joana Wachholz.

 

Equipe da EBM Olavo Bilac. (Foto: Divulgação)

 

Quer ser o primeiro a receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Veja também: