Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 34Cº / Min 21°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Grupo Txai de “cara nova”

Associação pinta o muro da sede, buscando tornar o espaço ainda mais belo para a cidade

40f39bf819777d75c878f1f5e6bfdb50.jpg Foto: Divulgação

Um local destinado à arte. O Grupo Txai está de cara nova, realizando um sonho da direção de “jogar arte” na entrada do espaço. No dia 17 de agosto, o muro da sede do Txai foi apresentado com a sua nova roupagem, tornando a paisagem ainda mais bonita.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

A coordenadora da Associação Cultural Musical Grupo Txai, Dalci Valentin, afirma que era necessário identificar a localização do grupo e já haviam várias ideias, mas a extensão de 27 metros do muro causava certa insegurança. “Pensamos em envolver os alunos, para que pudessem se expressar também na plástica, enquanto envolvidos no trabalho coletivo, mas também nos preocupava o tamanho do espaço.Recebemos muitas sugestões dos pais dos alunos, de professores e até mesmo de amigos especialistas em diferentes técnicas. Ideias lindas, mas todas embargadas pela extensão da obra”, explica Dalci.

Mas, agora, foi encontrada uma solução para o local. Paralelamente à necessidade de expor a identidade do Txai e divulgar a localização, a coordenação buscava uma forma, que, com jeito e estilo próprios, pudessem contribuir para a beleza artística da cidade. 

“Foi quando o nosso professor de violão, Daniel Muller, sugeriu-nos o grafite, arte urbana, de origem americana, mais conhecida e explorada no mundo inteiro, valorizada pela sua característica de interferir na paisagem urbana e provocar ideias e reflexões. E pronto, encontramos nossa inspiração: usaríamos o muro para estender nosso jardim aos transeuntes e reforçar com cores a nossa identidade”, revela a coordenadora. 

E para realizar a arte, foi indicado o artista grafiteiro Charles Boaventura, conhecido pelo codinome Pilaco, de quem a coordenação conhecia os trabalhos e os admirava muito. 

 

Grafiteiro Charles Boaventura, conhecido como Pilaco, foi o responsável pela arte. (Foto: Divulgação)

“Foram duas semanas de puro deleite, acompanhando as formas florescendo, a identificação da nossa Musikschule e, especialmente, a linda reprodução da nossa logo, uma ‘Semicolcheia’ colorida e flutuante, que tão bem representa a musicalidade ‘txaiana’”, ressalta Dalci.

O trabalho do artista Pilaco já está finalizado, mas o projeto de renovação da Associação continua. A coordenação garante que surpresas ainda virão, com direito à oficina de Grafite para as crianças, que poderão se expressar pelos muros internos do jardim da Associação. “E estamos torcendo para que, com toda essa arte, sejamos, brevemente, uma Poképarada, para mais uma alegria dos nossos alunos”, coloca a coordenadora.

 

O Grupo Txai

Atualmente, o Grupo Txai conta com 42 alunos, envolvidos com diversas atividades musicais, oferecidas por oito professores acadêmicos qualificados: Beatriz Fagundes e Daniel Müller (violão), Heloisa Darosci (Tecnica Vocal), Diogo Booz (Piano), Vera Manfrini (Ukulelê, Violão e Piano e Musicalização), Juliana Schütze (violino e musicalização para bebês a partir de três meses e crianças até quatro anos), Debora Pschichholz Henz (violino e viola) e Vitor Hugo Ruiz (Violoncelo). 

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Veja também: