Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 20Cº / Min 16°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Gilson Marques lança edital para selecionar pedidos de emendas parlamentares

Segundo Marques, o objetivo é alcançar um número maior de possíveis beneficiários e criar um sistema de triagem e seleção dos pedidos

3916fd71f54a7d67cab3d186bb82a5dc.jpg Foto: Divulgação / Partido Novo

Nesta segunda-feira, 1º de julho, o Deputado Federal Gilson Marques (NOVO-SC) lançou um novo canal de comunicação em seu site, o “SEM BARGANHA”, destinado a receber pedidos de emendas parlamentares.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Segundo Marques, o objetivo é alcançar um número maior de possíveis beneficiários e criar um sistema de triagem e seleção dos pedidos. O objetivo é apresentar os critérios para a seleção dos pedidos de emendas para 2020, que serão selecionadas por meio de edital.

“É muito difícil escolher quem vai e quem não vai receber os recursos. Pra mim está muito claro o que não vou fazer. Não vou usar critérios eleitorais na destinação das emendas”, reforçou.

Todo deputado federal recebe anualmente cerca de R$ 15 milhões para distribuir à sua escolha, na forma de emendas parlamentares. Segundo Marques, que afirma ser contra as emendas, estes recursos acabam sendo utilizados como barganha entre os parlamentares e suas bases.

“Este dinheiro não deveria nem ter saído dos municípios. E, muito menos, distribuído a critério de um burocrata com intenções de se reeleger. Enquanto não conseguimos acabar com as emendas parlamentares, vou usar ferramentas de avaliação dos pedidos para ser transparente e o mais justo possível.”

O edital estará disponível até dia 31 de agosto e pode ser baixado em formato PDF. O canal ainda conta com um formulário digital para o cadastramento dos pedidos de emendas.

De acordo com o edital, “o processo de seleção se dará de forma técnica, transparente, sem interferência política e dando a todos os possíveis beneficiários a mesma oportunidade de participação.”



Veja também: