Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 28Cº / Min 15°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Em defesa do comércio varejista

CDL Pomerode prestigia criação da Frente Parlamentar de Apoio ao Comércio Varejista

9b56e27e71da49ac06769558627b681f.jpg Foto: -Alexandre e Felix acompanhados de Ivan Tauffer, presidente da FCDL, e o Deputado Valdir CobalchiniDivulgação

Nesta quarta-feira, 29 de maio, foi realizada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis, a instalação da Frente Parlamentar de Apoio ao Comércio Varejista. Diversas CDL’s estiveram presentes, inclusive a CDL Pomerode, atendendo chamado do presidente da Federação Catarinense de Dirigentes Lojistas (FCDL/SC), Ivan Tauffer.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Representando a CDL de Pomerode estiveram presentes o presidente, Alexandre Grützmacher,  e o vice-presidente, Felix Antonio Valentini. 

A presidência da Frente Parlamentar ficou com o Deputado Valdir Cobalchini e a vice-presidência com o Deputado e Lojista Nilso Berlanda. A adoção de medidas que fortaleçam o segmento varejista do Estado, a exemplo de leis que diminuam a carga tributária, por meio da reforma tributária, falta de linhas de microcrédito para pequenos comerciantes e combate a vendas informais nas feiras itinerantes são algumas das bandeiras defendidas pela Frente Parlamentar de Apoio ao Comércio Varejista.

O coordenador da frente, deputado Valdir Cobalchini (MDB), afirmou a parceria entre o Legislativo, a FCDL/SC e a CDL será importante para todos. “Vamos trabalhar unidos em prol do comércio varejista, já que se trata de um dos segmentos mais importantes na geração de emprego e renda”.

O presidente da CDL de Pomerode, Alexandre Grützmacher, destacou a presença de muitos líderes, das mais de 200 CDL’s, no evento, que demonstra a importância do comércio varejista no estado. “Vemos esta frente parlamentar como uma grande conquista, pois ela lutará contra os entraves burocráticos na abertura de empresas, assim como batalhará contra a alta tributação e ouvirá as nossas demandas. Com isso, poderemos ter várias melhorias, o que será muito importante para o nosso setor”, ressaltou o presidente da CDL Pomerode.

Cobalchini frisou que o setor movimenta um PIB em Santa Catarina de mais de R$ 20 bilhões, gerando mais de 450 mil empregos diretos, sendo que de acordo com dados do Sebrae, o Estado possui mais de 535 mil empresas, dos quais 98,5% são micro e pequenas empresas e dessas 40% são do setor varejista.



Veja também: