Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 23Cº / Min 14°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Difundindo o conhecimento em uma nova geração

3ª Semana do Conhecimento é marcada pelo Hackathon, uma atividade que envolve trabalho em equipe e trocas de ideias

72be539ba2e64237465be19300096e73.jpg Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode

O que você consegue fazer se ficar quase um dia todo acordado? Jovens de escolas públicas e particulares de Pomerode puderam ter uma experiência que envolve disciplina, trabalho em equipe, troca de ideias e, principalmente, planejamento. A 3ª Semana do Conhecimento, realizada entre os dias 23 e 26 de setembro, na cidade, teve a organização da empresa ANDRITZ e foi patrocinada pela Calesita Brinquedos, com o apoio da Secretaria de Educação e Formação Empreendedora da cidade.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

 Nestes quatro dias, o evento teve como objetivo promover a educação como ferramenta de transformação para a sustentabilidade, com base nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e nas necessidades locais da cidade, considerando as iniciativas privadas, públicas e comunidade como um todo. No primeiro dia, os participantes puderam conferir uma palestra sobre inovação e criatividade digital, da consultora Martha Gabriel, autora de livros e apresentadora da websérie “Caminhos da Inovação” e do programa “Sebrae Digital” da Rádio Jovem Pan, que falou sobre o impacto da evolução digital na sociedade, na educação e no trabalho.

A mesa redonda “O impacto das novas tecnologias na sociedade”, em 24 de setembro, contou com a participação de Evandro Badin, diretor executivo da ONG Junior Achievement. Já no dia 25, a segunda mesa redonda denominada “Inovação em Pomerode, e agora?” teve a mediação de Fernando Granato, empreendedor na área educacional, cofundador da Quiron Educação e da Decodifica School, e membro da rede Global Shapers. 

Mas, a grande atração do evento ocorreu no dia 24, até o dia seguinte. Um Hackathon, espécie de maratona de programação que movimenta toda a área de tecnologia de uma empresa, podendo durar dias e totalmente focada no desenvolvimento de soluções que possam impactar a organização tanto interna quanto externamente.

 

(Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

Os jovens, de faixa etária entre 14 e 18 anos, tiveram a oportunidade de apresentar suas ideias, trabalhar em equipe, planejar e se preparar para, futuramente, entrar no mercado de trabalho. Cada grupo apresentou um projeto aos professores e organizadores do evento, que foi planejado durante quase 24 horas, no Clube Pomerode. Além disso, durante todo esse tempo, os alunos puderam degustar um bom café e ter um momento de recreação, podendo jogar e descansar um pouco, para repor as energias.

Letícia Peixoto, 14 anos, é estudante do José Bonifácio e está participando de uma atividade como esta pela primeira vez. O seu projeto fala sobre Gestão de Conhecimento, no qual, o grupo desenvolveu formas de um trabalhador ser mais pró-ativo dentro de uma empresa. A jovem fala sobre a experiência vivida na atividade.

 

“Essa vivência que estamos tendo aqui irá nos preparar muito para o futuro, no mercado de trabalho. O trabalho em equipe é muito bom, pois você precisa saber ouvir as ideias dos outros e é assim que um projeto anda. São 24 horas que você aproveita cada segundo, estou achando incrível. Ainda não passa pela minha cabeça sobre o que quero seguir na minha vida, mas já fiz outros cursos de gestão empresarial. Acho que devo trilhar por esse caminho, futuramente”, relata a jovem.
Empreendedor da área educacional e cofundador da Quiron Educação, Granato fala sobre a importância desse tipo de atividade para o preparo dos jovens ao mercado de trabalho.

 

(Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

“Isso é essencial. Trabalhar esses sistemas, o quanto antes com os jovens, facilita a entrada dos adolescentes no mercado de trabalho. Hoje em dia, as empresas estão pedindo pessoas criativas, que gostam de trabalhar em equipe e, é claro, que sejam disciplinadas, com a capacidade de resolver problemas, gerir tempo. Trabalhar isso na base, eu diria que não é preparar um jovem para o amanhã, e sim, para o hoje”, relata. 

Já Bruna Luiza Florão Maas, de 14 anos e estudante da E.B.M. Amadeu da Luz, juntamente com sua equipe, apresentou um projeto para melhorar a mobilidade urbana de Pomerode, focado mais nas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas da cidade, através de um aplicativo de celular, que possa ser utilitário ao usuário, podendo alugar bicicletas e ver o mapa do município com seus pontos turísticos e outros serviços oferecidos pela cidade.

“Nós fizemos uma pesquisa com várias pessoas para saber a opinião delas sobre a qualidade das nossas ciclovias. Com as respostas deste questionário, pensamos em um projeto para melhorar a mobilidade da cidade através de um aplicativo de celular, visando mais o uso da bicicleta e promover o respeito entre motoristas, motociclistas e ciclistas”, explica a jovem.

Segundo Cris de Sá, facilitadora comportamental de jovens e adolescentes, o mercado de trabalho também sofreu mudanças ao longo do tempo, devido ao desenvolvimento das gerações. Hoje em dia, as empresas estão buscando pessoas criativas e prontas para qualquer tipo de imprevisto. 

“Eles vão para um mercado onde tudo é novo. Existe uma mudança de negócio que vem acontecendo dentro das empresas para acolher essa nova geração. A maioria delas também tem tentado trabalhar essa adaptação e aceitado, com mais facilidade, essa nova geração, trabalhando internamente questões de layout que vão impactar na produtividade, engajamento e tudo mais”, comenta. 

Elize Groh Teske, que atua na área de suporte à gestão da ANDRITZ, explica o motivo pela escolha do tema da 3ª Semana do Conhecimento, em Pomerode.
“Nós queremos abordar qual o impacto da tecnologia, como podemos ser mais inovadores, de uma forma muito prática para tirar essas ideias do papel. Por isso, trouxemos o Hackathon, atividade que está sendo realizada em outros municípios e resolvemos trazer para a cidade e fazer acontecer, pela primeira vez, esse movimento tão bacana”, finaliza. 

 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.

 



Veja também: