Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 34Cº / Min 21°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Dia das Crianças é tempo de doar

Menino pomerodense doa cabelos à Rede Feminina e dá lição de solidariedade

5da4e5815f429176ec272b1aedb183d2.jpg Foto: Divulgação

O Dia das Crianças é uma das datas mais esperadas pelos pequenos, por ser associada a receber presentes. Mas um pequeno pomerodense deu um exemplo de solidariedade, doando algo que será um presente para as mulheres que enfrentam o câncer de mama. Bruno Eduardo Fritzke, de 14 anos, esteve na sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer da cidade para doar uma parte de seu cabelo, que será usado para a confecção de perucas. O garoto revela que estava deixando o cabelo crescer por mais de um ano, mas que, agora, era o momento de cortá-lo.

“Junto com a minha família, decidimos cortar porque terei a minha Confirmação na Igreja Luterana, neste sábado. Quando eu cortei, a minha mãe me falou sobre a doação de cabelos para a Rede Feminina e decidi que queria ajudar, também”, comenta Bruno.

O menino comenta que não conhece alguém que esteja enfrentando ou que já tenha lutado contra o câncer, mas já viu o que acontece com as pessoas que enfrentam o tratamento. A mãe, Marilu Fritzke, que falou sobre a RFCC, afirma que ficou sensibilizada com a atitude do filho. 

“Foi um gesto muito bonito que o Bruno decidiu adotar. Nós, como pais, desde que ele era pequeno, sempre incentivamos que ele ajudasse ao próximo, fizesse boas ações para a sociedade”, ressalta a mãe.

Esta foi a primeira vez em que Bruno praticou uma doação, mas o sentimento foi tão bom, que já pensa em praticar mais vezes gestos como este. “Ainda estou pensando se deixarei crescer o cabelo de novo, mas se eu deixar e cortar depois, com certeza, vou doar de novo, pois estou muito feliz em poder ajudar outra pessoa”, garante.

Bem humorado, Bruno afirmou que gostava de ter o cabelo comprido para poder amarrar de várias formas diferentes. “Algumas vezes, quando eu estava de cabelo solto, as pessoas me confundiam com uma menina, mas nada que me incomodasse, porque eu gostava de estar assim”, admite.

O gesto de doar cabelos à Rede Feminina, para a confecção de perucas, não foi somente adotado por Bruno nesta semana. De acordo com a entidade, só nesta terça-feira, 08 de outubro, foram quatro doações de cabelo sendo recebidas na sede da Rede. Entre estas quatro pessoas, uma era o Bruno e houve, também, mais uma menina, Sophia Stammerjohann, que aproveitou a semana da criança para praticar o bem.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

Quer ser o primeiro a receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.

 



Veja também: