Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 20Cº / Min 13°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Avestruz nasce através de incubação artificial no Zoo Pomerode

Ave teve que ter o processo de nascimento artificial pois o macho não apresentava comportamentos parentais

0251e31764be7f49686b76b4f7a03507.jpg Foto: Divulgação/Zoo Pomerode

O Zoo Pomerode está com mais um novo morador que logo irá para o recinto!. Nesta semana, um filhote de Avestruz completou um mês de vida, após passar por uma quarentena, procedimento padrão dos biólogos, afim de garantir o crescimento saudável da ave.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
https://jornaldepomerode.com.br/novo/midia/banners/banner_808x164/29f51f06e48d9e702fd26857397d83d9.jpg

 

O pequeno Avestruz, que ainda não teve seu sexo definido, nasceu através de uma incubadora artificial, processo que levou cerca de 35 dias para que o ovo se chocasse de maneira correta. O filhote teve o nascimento registrado com a incubadora artificial pois o macho não apresentava comportamentos parentais, de cuidar do ninho e dos ovos, como seria natural para a espécie.

Os filhotes de avestruzes dependem muito do cuidado dos pais, que devem organizar o ninho para que o filhote nasça com as condições adequadas para a sua sobrevivência. Hoje o bebê Avestruz conta com a companhia de outro filhote, um marreco.

Os marrecos são espécies super independentes, contribuindo com o desenvolvimento do avestruz, que aprende a comer e andar sozinho com maior habilidade

Segundo a equipe de biólogos do Zoo Pomerode, os avestruzes já sofreram reduções em sua população em séculos passados, principalmente pelo interesse em suas penas. Hoje a principal ameaça é a perda de habitat.  A reprodução é sempre motivo de orgulho para a equipe, pois é um indicador de que a nutrição, o manejo, a saúde e o cuidado com a espécie estão sendo adequados para seu bem-estar. 

Quer receber as notícias de Pomerode e região pelo WhatsApp? Clique aqui.



Veja também: