Terca-Feira, 25 de Junho de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 21Cº / Min 9°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Pomerode tem avaliação psicológica para manuseio de arma de fogo

A psicóloga Alessandra Sopelsa Theiss, 28 anos, atua na área clínica desde 2014, atendendo crianças, adolescentes e adultos

9a984465595bad682691c3676d792433.jpg Foto: Divulgação

A psicóloga  Alessan-dra Sopelsa Theiss, 28 anos, atua na área clínica desde 2014, atendendo crianças, adolescentes e adultos. Ela, que também é pós-graduação em Neuropsicopedagogia, especialista em Saúde Mental e MBA em Gestão de pessoas, buscou, no ano passado, seu credenciamento junto à Polícia Federal para realizar aplicação de testes de aptidão psicológica para quem busca o Certificado de Registro para manuseio de armas de fogo.

A portaria saiu no início deste ano e, desde então, a profissional realiza as avaliações, sendo a única psicóloga da cidade a ter permissão para realizar este serviço.  A avaliação psicológica é o primeiro passo para quem pretende adquirir, registrar, transferir, portar ou manusear uma arma de fogo, ou, renovar seu certificado já existente.

Ainda, quem realiza tiro esportivo ou é vigilante de empresas de segurança privada e transporte de valores, passa pelas mesmas exigências. 

Não é qualquer psicólogo que pode realizar a avaliação. A Lei 10.826/03 prevê que o atestado só pode ser emitido por profissionais credenciados e com portaria válida. 

Com este atestado de aptidão em mãos, o segundo passo é procurar um instrutor de armamento e tiro, também devidamente credenciado, para solicitar atestado de capacitação técnica - em Pomerode, há o Anderson Zuchi, no Clube Botafogo. A última etapa é buscar um despachante da área e seguir com os trâmites necessários.

Na avaliação psicológica, busca-se avaliar aspectos cognitivos (como memória, concentração e atenção), aspectos da personalidade, comportamento, temperamento e histórico de vida do candidato, de forma a poder atestar a salubridade psicológica do mesmo. Essa avaliação é importante, pois avalia o papel que a arma de fogo irá exercer na vida de quem a possuir e da sociedade em geral.

Alguém impulsivo, com baixa autoestima, depressão, dificuldade no controle ou desequilíbrio de suas emoções, por exemplo, mesmo que não saiba que possui alguma destas características, pode estar mais propenso a disparar uma arma em situações de incapacidade emocional ou frustrações, trazendo risco para si e para os outros. É um procedimento obrigatório, pois, é muito importante e deve ser levado a sério. 

Os interessados podem agendar suas avalições diretamente com o psicólogo credenciado. 

Em Pomerode, os atendimentos acontecem no Integra, Rua Hermann Weege, 2177 - ao lado dos Bombeiros, onde também são realizados os atendimentos clínicos de demandas terapeuticas. A consulta dura, em média, uma hora.

Os contatos para agendamento podem ser feitos no (47) 98438-3395 (fone/Whats).



Veja também: