Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Vistorias na comunidade

Câmara de Vereadores procura estar presente nas obras e locais da comunidade

f992b2d74f8dbc3ce0c69c1d25370d49.jpg Foto: Divulgação

Com o objetivo de vistoriar obras, interagir com a comunidade e ouvir suas principais reivindicações, na quinta-feira e na sexta-feira, 19 e 20 de julho, o presidente da Câmara, Amarildo da Silva, realizou visitas a obras e locais da cidade.

Na quinta-feira, o presidente da Câmara esteve na Rua Alvin Jandre, bairro Testo Rega, com o objetivo de vistoriar a reforma de uma ponte.

Conforme informou da Silva, neste local, o Executivo fez essa obra, mas o parlamentar já havia solicitado a troca dessa ponte por uma de concreto. Desta forma, a Secretaria de Planejamento está providenciando o projeto para licitar e executar a construção da nova passagem. “O fluxo de veículos é intenso, o que necessita de mais segurança para quem transita”, explicou.

Um outro local visitado, no dia 19, foi a Rua Erigert Jandre, onde os moradores solicitam a retirada de uma árvore que se encontra no gabarito da via. O parlamentar ainda verificou a necessidade, também, de patrolamento. “A árvore pode ocasionar acidentes. É um anseio da comunidade, sendo que já fiz a solicitação ao Executivo, através de indicação, atendendo o pleito dos moradores. Por fim, aguardo uma resposta”, concluiu.

Já na quinta-feira, dia 20, o vereador realizou visita ao Centro de Educação Infantil Rudolf Hornburg. O objetivo foi conhecer as instalações, verificar possíveis demandas da unidade e intermediar o pedido ao Executivo Municipal, por meio da Secretaria de Educação. O CEIM atende 83 crianças, de zero a três anos.

Na ocasião, a diretora, Talita Bahr, colocou que a necessidade é da construção de uma área coberta para os pequenos em dia de chuva, a ampliação de salas de aula e uma sala para os professores. Atualmente, trabalham 15 servidores no local. Da Silva se colocou à disposição e informou que levará os pedidos aos demais vereadores, assim como ao Executivo, para avaliarem a melhor forma de atender o CEIM.

“Nossa função, além de fiscalizar, é servir de elo entre a comunidade e o Executivo. É importante interagirmos com os pomerodenses, para tentar sanar suas necessidades”, explicou o parlamentar.

 



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg