Jornal de Pomerode


Curva próxima à empresa Bosch Rexroth exige cuidado e atenção

A maioria dos motoristas que passam pela curva, próxima à empresa Bosch Rexroth, principalmente quando chove, imediatamente percebe que ela é perigosa e exige cuidado e atenção. Mas não são todos que, de fato, são precavidos.

fccfdd88165e9569e641815195c3dfae.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

A maioria dos motoristas que passam pela curva, próxima à empresa Bosch Rexroth, principalmente quando chove, imediatamente percebe que ela é perigosa e exige cuidado e atenção. Mas não são todos que, de fato, são precavidos. Muitos, passam pelo local em alta velocidade e, devido à inclinação da via, acabam saindo do eixo da curva e perdendo o controle do veículo. 

Esta situação chamou a atenção dos moradores por se repetir diversas vezes, de acordo com eles. Quem vive próximo à região relata que é comum acordarem durante a noite ou se assustarem durante o meio-dia com o barulho de um acidente. 

“Há pouco tempo, um motoqueiro morreu na frente da minha casa. Há menos de duas semanas, um carro bateu no muro da casa da frente. São situações que vêm se repetindo e estamos preocupados com a segurança de quem precisa passar pelo local e com a nossa também”, relata Paulo Cristiano Ott, morador.

Eles defendem que deveria haver uma sinalização melhor no local e afirmam já ter procurado as autoridades pedindo alguma providência no local, como uma travessia elevada, por exemplo. Os habitantes da região também contam que percebem que muitos motoristas vem pela curva com uma velocidade acima da permitida no local, arriscando-se. 

“O terreno da curva possui um declive, o que já dificulta, naturalmente, a tarefa de manter o carro no eixo dela. Quem vem mais rápido, terá mais dificuldade ainda, muitas vezes não conseguindo e se acidentando”, argumenta Ott. 

A Gerência de Trânsito de Pomerode (Getran) afirma que, até o momento, não possui nenhuma solicitação a respeito de alguma providência no local, por isso, não há nenhum projeto. Mas, o gerente da Getran, Daniel da Luz, garante que a entidade está aberta a estas solicitações e que basta comparecer ao local para fazer o pedido formal. 

Hoje, a Getran está trabalhando na renovação da licitação dos equipamentos eletrônicos, o que está sendo tratado como prioridade. Mas, depois de terminada esta ação, será realizada mais uma inspeção na cidade para verificar possíveis locais que devam receber alguma melhoria. 

Caso algum morador faça a solicitação formal, da Luz explica que a situação será avaliada. “Um possível projeto será feito mediante  um estudo técnico, que irá verificar qual seria a melhor alternativa e, também, a viabilidade  necessária”, esclarece o gerente da Getran.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg