Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Um “setentão” em plena forma

Uma história de conquistas e afirmação dentro do futebol regional, construída ao longo de sete décadas. Assim pode ser resumida a trajetória da Associação Esportiva Floresta, que neste domingo, dia 06 de janeiro, completa 70 anos de vida.

afa8a9fdc6dac16d45bca4d99a3d5ede.jpg Foto: Lucas Gabriel Cardoso

Uma história de conquistas e afirmação dentro do futebol regional, construída ao longo de sete décadas. Assim pode ser resumida a trajetória da Associação Esportiva Floresta, mais conhecida como o “Verdão da Avenida” que no domingo, dia 06 de janeiro, completou 70 anos de vida.

Um dos clubes mais tradicionais de Pomerode, o Floresta foi fundado em 06 de janeiro de 1949, tendo iniciado suas atividades no campo localizado entre as ruas Alex e Fritz Wachholz, com o nome de São Lourenço. Posteriormente, a equipe mudaria seu nome para Sociedade Esportiva Floresta, passando a funcionar em uma nova sede, no ano de 1962, na Avenida 21 de Janeiro, atual endereço da agremiação.

Teve como sócios fundadores Mário Jung (que também foi o primeiro presidente), Alvin Henning, Lauro Germano Otto Harbs, Augusto Guilherme Schwanke, Osmar Rodrigues, Arthur Heinrich Kramer, Gustav Weber, Conrado Buerger, Victor Zastrow, Arno Weege, Ludwig Pajenkamp, Conrado Hass, Ludwig Joseph Basten, João Giovanella, Germano Selke, Rubens Wachholz, Haimo Kasulke, Hans Buerger, Quito Blank, Conrado Selke, Willi Germano Schwanke, Victor Weege, Willi Hass, Eugênio Hasse, entre outros.

Com um vasto currículo de conquistas, o Floresta tem diversos títulos importantes, regionais e municipais, entre eles, o Campeonato da Liga Pomerodense de Desportos (LPD), nos anos de 1992, 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002, 2003, 2016 e 2017, sendo o maior vencedor da competição.

Também representou a cidade de Pomerode, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) de 2002, em Lages, nas modalidades de futsal e futebol. Pelas categorias menores, a equipe mantém uma tradição de títulos, como o campeonato do futebol de campo, em 2007, na categoria mirim, e da 1ª Copa JP de Futebol Menor. No ano seguinte, pela categoria Sub 13 de futsal, foi campeão da 12ª edição do Sapinho de Verão, além de ter representado Pomerode em diversas competições pelo Estado.

Na parte estrutural, a equipe possui umas das melhores sedes da região. Além do campo, que tem medidas oficiais (105m x 68m), há o Ginásio Ludwig Joseph Basten, construído em 1979, mas que foi inaugurado, oficialmente, em 28 de setembro de 1990. Neste período, recebeu diversas competições, municipais, regionais e estaduais, entre elas, os Jogos Estudantis de Pomerode e Jasc, além de ter sido sede, durante muitos anos, da Escolinha do Floresta, na modalidade de futsal.

A Associação Esportiva Floresta também conta com uma sede social, que foi inaugurada em 21 de março de 2003, além de uma arquibancada, com capacidade para 400 pessoas, entregue aos torcedores no dia 13 de março de 2010. Já em 2015, o Floresta concluiu sua Sala de Troféus, espaço que conta a história do “Verdão”, com suas inúmeras conquistas e fotos da equipe, ao longo dos 70 anos. E por fim, em 09 de novembro de 2018, após revitalização do ginásio de esportes, foi inaugurado o primeiro campo de gramado sintético coberto da cidade.

ENTREVISTA - Para falar da sua ligação com a Associação Esportiva Floresta e da alegria de poder estar à frente da agremiação, nesta data importante, o JP Esporte entrevistou o presidente Arlindo Ewald, mais conhecido como Leke.

 

JP ESPORTE - O que representa, para você, ser o presidente na comemoração das sete década de vida do Floresta?

ARLINDO EWALD - É uma honra poder estar à frente desta conceituada equipe, ainda mais, num momento histórico como esse. Este é o meu segundo mandato (quatro anos), além de mais dois como vice-presidente. Por conhecer a história do Floresta, ser torcedor e presidente, é uma emoção especial. É um momento importante, não só para a equipe, mas para Pomerode como um todo.

 

JPE - A que você atribui esta rica história do time, ao longo dos anos?

AE - A grandeza do Floresta se dá pelos seus títulos e seu trabalho realizado em prol do esporte, não só em âmbito municipal, como também, regional e estadual. Somos conhecidos no estado todo, em virtude da nossa história. Nos anos 1960 e 1970, o time participou de competições estaduais e, logo após, sempre contou com fortes elencos. Por isso eu afirmo que, quem está no meio esportivo, com certeza, conhece o Floresta.

 

JPE - Quando começou a sua ligação com o time?

AE - Em meados da década de 1970. Mas tenho muito fresco, na minha memória, a decisão de 1977, quando o Floresta tinha uma equipe muito forte, com jogadores basicamente de Pomerode. Desde então, tenho acompanhado e me tornei torcedor, por ser o time do centro da cidade, o que nos dava mais proximidade para poder ir ao estádio. Cheguei a jogar no aspirante, mas muito pouco, pois não era bom de bola (risos).

 

JPE - O que representa o Floresta, para a cidade de Pomerode?

AE - A história dos dois se confunde, até pelo destaque que a equipe teve nas décadas de 1960 e 1970, quando representou - e bem - a cidade, em muitos campeonatos. O Floresta sempre se destacou pela sua força e estrutura e, hoje, pela sede que possui. Estamos localizados no Centro, num local que é avaliado em R$ 16 milhões, aproximadamente. Além disso, é um clube que não possui dívidas, não tem problemas com a Justiça, o que o torna muito “sólido”. Olhando as fotos antigas e pelas histórias que meu pai conta, antigamente não havia tantas opções de lazer e o futebol acabava se tornando o lazer das pessoas. Por isso, a história do Floresta foi muito importante para diversas gerações de pomerodenses.

 

JPE - Como você avalia a aproximação de pessoas jovens, tanto na diretoria, quanto na torcida? O Floresta é um clube que vem se renovando?

AE - É uma dificuldade que todos possuem, não só nossa agremiação. E vemos notando que, mesmo nas atividades esportivas, a participação não é tão grande assim. Mas é fundamental voltarmos a ter as categorias de base, um time de aspirante, para que consigamos trazer, novamente, os jovens para perto do Floresta. Infelizmente, hoje, não há mais aquela ligação das famílias com o time, resumindo-se em torcida e equipe principal. Por isso, temos que resgatar, novamente, esse laço, o que aproximaria, ainda mais, a comunidade do clube.

 

JPE - Então, a Escolinha de Futebol será retomada?

AE - Isso é um compromisso acordado já no ano passado, independente de quem assumir a nova diretoria. Existe o interesse de começarmos, novamente, a Escolinha, talvez até no futebol de campo também. Hoje temos a facilidade do gramado sintético, que pode servir em alguns horários. Essa questão vem de encontro do que comentamos há pouco, pois tivemos um tempo para nos reorganizar, fizemos investimentos, voltamos a ganhar títulos, mas agora é hora de voltarmos a trabalhar o futebol de base, para trazer essas crianças e adolescentes, novamente, para dentro do Floresta.

 

JPE - O que você diria para os sócios, torcedores, diretoria e amigos, neste momento em que o clube completa 70 anos?

AE - O sentimento que vem à tona, neste momento de festa, é o de agradecimento, a todos que fizeram e fazem parte desta trajetória de sete décadas, especialmente, aos mais antigos, que produziram momentos fantásticos. Chegar aos 70 anos, por si só, já é um feito, pois vejo times que iniciaram naquela época e não existem mais. Por isso, o meu muito obrigado aos torcedores, voluntários, patrocinadores, ex-presidentes, enfim, todos que auxiliaram para que este momento se tornasse realidade. Parabéns, Floresta!

 

CONFRATERNIZAÇÕES - A diretoria planeja realizar uma grande festa para o mês de março, na qual, serão homenageados ex-jogadores, dirigentes e todos aqueles que contribuíram para esta história de 70 anos de sucesso.

No entanto, na segunda-feira, dia 07 de janeiro, alguns integrantes do clube se reuniram, na sede, para um churrasco, em comemoração à data festiva.



Galeria de fotos: 5 fotos
Créditos: Arquivo / Jornal de Pomerode Arquivo / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Divulgação Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg