Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Um local para melhor atender gestantes e parturientes

Sala de Pré-Parto do Hospital e Maternidade Rio do Testo é reformada, para oferecer mais conforto a quem a utiliza. A reforma do local foi importante, de acordo com a diretoria, para oferecer um local mais agradável e humanizado para as gestantes

ddb7b6faa8a198e528fce187c507102b.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Visando oferecer às gestantes e parturientes um atendimento mais humanizado, em um ambiente mais confortável e acolhedor, a Sala de Pré-Parto do Hospital e Maternidade Rio do Testo passou por uma reforma, ganhando nova pintura, quadros para ambientação e uma banheira no local de banho.

A adequação foi possível graças a recursos repassados pelo brechó da Igreja Luterana de Testo Central e pela Cativa, que estiveram representados na apresentação da nova sala, realizada na manhã de quarta-feira, 06 de fevereiro. A reforma do local foi importante, de acordo com a diretoria, para oferecer um local mais agradável e humanizado para as gestantes.

O grupo do brechó da Igreja de Testo Central já realizava pequenas doações ao HMRT, mas, desta vez, decidiu doar uma quantia maior, para uma obra importante. Já a Cativa fez o repasse após uma solicitação da enfermeira obstetra do Hospital, Ana Sibila Dallabona, conforme explica a técnica em enfermagem do trabalho da Cativa, Kelly Aparecida Petroski Dürcksen.

“Nós realizamos várias campanhas envolvendo os colaboradores internos e uma que tem muita importância é a do Outubro Rosa. Nela, nós realizamos inspeção de cólo de útero, exame de toque de mama e, geralmente, envolvemos entre 100 e 150 mulheres. Há alguns anos já temos a presença da enfermeira Ana Sibila e, na hora de sentarmos e acertarmos valores, ela pediu que este valor que ela receberia fosse direcionado ao Hospital, especialmente para a sala de parto. A Cativa ficou muito grata, porque também oportunizou ajudarmos não somente uma pessoa, mas repassarmos esse valor para uma entidade que vai conseguir trabalhar com mais pessoas, já que fazemos, também, acompanhamento gestacional e estas gestantes farão uso deste local”, contou.

Com o auxílio da enfermeira Irmã Raquel e enfermeira Ana Sibila, a Gerente de enfermagem, Gisele Sens, planejou o quarto de acordo com a necessidade das gestantes e parturientes de terem um atendimento mais humanizado. E ao final do resultado, Ana demonstrou emoção ao falar sobre a conquista.

“Na verdade o espaço era mais antigo, da construção original. Então, como o Ministério da Saúde pede o atendimento o mais humanizado possível, os hospitais estão se adequando a isso. Resolvemos procurar apoio para que pudéssemos fazer essa reforma e dar esse atendimento mais humanizado às gestantes e parturientes, que têm agora um espaço confortável, em que se sintam em casa”, ressaltou Ana Sibila, enfermeira obstetra e doula.

“O Hospital e Maternidade Rio do Testo conta, hoje, com 58 leitos, sendo 12 para internação em forma de Alojamento Conjunto e adaptados para assistência ao parto humanizado. Para tal, o local conta com equipamentos modernos, equipes assistenciais treinadas e assistência de sobreaviso médico em obstetrícia e pediatria 24 horas, além de uma sala de parto obstétrico individualizado, uma sala para cirurgias obstétricas e uma banheira para um atendimento mais humanizado às parturientes. O berçário de observação contém três incubadoras e equipamentos para atendimento ao recém-nascido” descreve a enfermeira Gisele Sens.

O Hospital, hoje, tem uma média mensal de 50 partos sendo realizados em suas instalações.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg