Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Um dia dedicado à arte

O evento contará com a participação voluntária de mais de 40 artistas e artesãos de Pomerode, oferecendo, de forma gratuita ao público presente, atividades culturais e oficinas de música, dança, poesia, yoga, além de uma rica feirinha de artes e artesanato e “Flohmarkt”, o mercado de pulgas

443b6036e9e2263dea591e19f3ab986b.jpg Foto: Arquivo JP

A 2ª edição do Festival de Artes de Pomerode (FAP) está chegando. O evento, que é uma realização independente, será realizado no dia 07 de julho, das 14h às 19h, na Praça Jorge Lacerda. 

O evento contará com a participação voluntária de mais de 40 artistas e artesãos de Pomerode, oferecendo, de forma gratuita ao público presente, atividades culturais e oficinas de música, dança, poesia, yoga, além de uma rica feirinha de artes e artesanato e “Flohmarkt”, o mercado de pulgas.

“O objetivo do Festival de Artes é fomentar a diversidade cultural, dando oportunidade para artistas, artesãos, empreendedores divulgarem seu trabalho. Assim como promover a troca de experiências e ampliar horizontes buscando enriquecer culturalmente a cidade de Pomerode e fomentar negócios criativos”, afirma uma das organizadoras, Patrícia Buss. 

Um dos grandes destaques do evento será o 1º Encontro Conjunto de Bateristas e Fanfarristas de Pomerode, com a participação das Bandas: Pressure gain, Boddah Nirvana cover, Zot, Velvet´s e Xiristen e Solares.

Esta atividade inédita é uma iniciativa dos próprios artistas envolvidos e têm o propósito de integração através da música percussiva, sobretudo no aspecto da promoção do saber criativo, a troca de experiência, numa promoção do resgate cultural, fomentando o público e formando plateia para uma arte que é local, mas também tem expressividade valiosa em âmbito nacional e até internacional. 

“É um aspecto da maior importância na tradição músico-cultural da região, resgatando os tocadores e amantes das Fanfarras, inserindo-os e integrando-os em um contexto moderno de compartilhamento de experiências e práticas conjuntas, com interações ao vivo e apresentações que o público presente poderá prestigiar gratuitamente”, ressalta Patrícia. 

Ela também destaca que o movimento é muito enriquecedor em muitos sentidos, tanto para o artista que tem a possibilidade de mostrar o seu trabalho, como para a população em geral, que tem a chance de conhecer, vivenciar , reconhecer e valorizar a diversidade artística e cultural que temos na nossa cidade.

Após as apresentações, o coreto estará aberto para a Jam Session, ou seja, músicos terão a oportunidade de se apresentar sem uma inscrição prévia, conforme inscrição realizada na hora. Leve seu instrumento se tiver interesse. Em caso de chuva, o evento será cancelado e uma nova data será agendada, de acordo com a possibilidade de uso da praça.

E para futuros interessados: como já não é mais possível se inscrever, a organização já está recebendo contatos para a próxima edição, quem se interessar em se apresentar, dar uma oficina ou vender, já pode deixar seu nome e contato durante o evento no gazebo da organização ou entrar em contato pelo evento do Facebook (Festival de Artes de Pomerode). Participe!

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Arquivo JP
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg