Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Um cuidado a mais com as bicicletas

Pomerode registra mais casos de furto a bicicletas, na cidade. Vítima de furto, no município, fala sobre como teve sua bicicleta roubada, durante a madrugada de um domingo, no mês de março.

97096a5647414aab796157197abe4d9c.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP/Simulação

Em Pomerode, muitos da comunidade local usam a bicicleta como meio de transporte, para ir ao trabalho, escola; para a prática esportiva; ou realizar passeios. Mas, a Polícia Militar de Pomerode alerta a população pomerodense para tomar mais cuidado com as bikes, já que as mesmas, estão sendo alvo de furtos, no município. De acordo com o Tenente do Pelotão da Polícia Militar de Pomerode, Fábio Verdasca de Luca, quem for proprietário de bicicleta, pode se prevenir de um possível crime.
 
“Nós, da Polícia Militar, recomendamos que quem tem uma bicicleta, deve colocar cadeado nas mesmas, quando estiver nos bicicletários, e evitar deixar do lado externo de estabelecimentos públicos ou particulares, principalmente, se você vai ficar muito tempo neste local. Se possível, também recomendo deixar a bicicleta em locais que possuam câmeras de segurança, da PM, por perto, pois em caso de algum furto, fica mais fácil de recuperar a bike”, comenta o Tenente.

Além disso, de Luca aproveitou para recomendar o uso do aplicativo “Bike Registrada”, que permite cadastrar sua bicicleta e, em caso de furto, é possível informar que a bicicleta foi roubada, o que ajuda na investigação da Polícia Militar. 

“O uso desse aplicativo também nos ajuda a identificar se a bicicleta é roubada, ou não. Caso não queira usar o App, é interessante que o proprietário da bike tenha uma foto da mesma guardada, o que pode facilitar, e muito, uma possível abordagem de um suspeito que possa estar sob o domínio do meio de transporte”, relata.

No dia 24 de março, José Augusto Pimentel iria sair para fazer um passeio com sua bicicleta. Quando foi até a área externa do prédio, reparou que sua bicicleta não estava mais lá. Ela havia sido furtada e, segundo o proprietário da bike, ela estava com cadeado e, mesmo assim, não foi o suficiente para impedir o furto. A bicicleta de Pimentel era avaliada em R$ 2 mil e ele tinha terminado de pagar as parcelas da mesma, no mês anterior. Segundo ele, que morava em um prédio no centro de Pomerode, outras bicicletas já haviam sido furtadas no mesmo local.

“A minha não foi a primeira que foi levada. Uma vizinha minha teve duas furtadas, praticamente, na mesma semana. É uma pena, pois muitas pessoas usam a bicicleta como meio de transporte para ir ao trabalho. É triste também, pois você conquista as coisas e, de repente, dessa forma, ela vai embora”, afirma.

Pimentel fez o Boletim de Ocorrência e, segundo o Tenente de Luca, essa medida é a que deve ser tomada, em caso de furto.

“Se você for furtado,  você pode ligar no 190, que a Polícia Militar vai realizar os procedimentos legais, ou ir direto na Delegacia de Polícia Civil de Pomerode, local que também você consegue registrar um Boletim de Ocorrência”, finaliza.

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg