Jornal de Pomerode
Versão impressa


int(63657)

Um ano em equilíbrio, segundo o Governo

O governador Raimundo Colombo fez um balanço positivo de 2017, em reunião com o colegiado pleno e servidores na terça-feira, 19 de dezembro, em Florianópolis. Mesmo diante dos desafios econômicos e políticos do ano, lembrou que Santa Catarina tem resultados a serem comemorados.

5f0a0a6c52988ce638e5cb7ffcc37705.jpg Foto: Divulgação

O governador Raimundo Colombo fez um balanço positivo de 2017, em reunião com o colegiado pleno e servidores na terça-feira, 19 de dezembro, em Florianópolis. Mesmo diante dos desafios econômicos e políticos do ano, lembrou que Santa Catarina tem resultados a serem comemorados, como o equilíbrio financeiro das contas públicas, a boa geração de empregos e o bom ritmo de novos investimentos. “Cumprimos com o nosso dever. O saldo é positivo e esse é o sentimento que podemos levar para casa”, afirmou o governador, agradecendo o envolvimento de toda a equipe do governo.

Colombo valorizou, principalmente, a questão do emprego. Entre agosto e outubro, o saldo catarinense foi de mais de 44 mil vagas de trabalho com carteira assinada, de acordo com dados do Ministério do Trabalho. Santa Catarina também segue apresentando a menor taxa de desemprego do país, segundo pesquisa do IBGE. Nos três primeiros meses do ano, Santa Catarina tinha 7,9% de desocupados. No terceiro trimestre, a média catarinense fechou em 6,7%, enquanto a nacional foi de 12,4% de desempregados. “Essa conquista não foi por acaso. Conseguimos praticar gestos importantes de contribuição, como manter sua estabilidade financeira do Estado, manter as obras em andamento e não aumentar impostos”, destacou.

O governador lembrou que Santa Catarina conquistou, ainda, o título de segundo Estado mais competitivo no país, de acordo com Ranking de Competitividade dos Estados 2017. O Estado também foi o vencedor do Prêmio Excelência em Competitividade na categoria Destaque Internacional, diante da forte presença de SC no mercado externo. “Fomos profissionais, ajudamos a sociedade, os catarinenses estão otimistas e têm orgulho de nosso Estado. Existem muitas dificuldades e desafios próprios do cenário em que vivemos, mas esse é um encontro para agradecimento”, finalizou Colombo.

O encontro também contou com uma apresentação do economista Raul Velloso, que falou sobre as perspectivas para 2018. Apesar dos desafios do cenário nacional, o consultor apontou sinais de retomada, citando, por exemplo, o Índice de Atividade Econômica Regional de Santa Catarina (IBCR-SC), divulgado pelo Banco Central nesta semana. Em outubro, Santa Catarina apresentou um crescimento de 6,49% em relação ao mesmo mês do ano passado. E no acumulado do ano, o Estado apresentou alta de 3,55%.

“Santa Catarina é um exemplo de Estado que remou contra a maré de queda da arrecadação e aumento de gastos da máquina pública. É impressionante a diferença dos números de indicadores locais com o desempenho nacional”, avaliou, parabenizando os resultados do Governo do Estado.

O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, não pôde participar do encontro, por estar cumprindo agenda oficial em Brasília.



Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg