Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Turismo receptivo: saiba mais sobre esse conceito

Quando você pensa em fazer uma viagem, a primeira decisão que precisa tomar é se planejará todos os detalhes por conta própria ou se terá a ajuda de uma agência especializada no assunto.

7a80e9a16d611060004318bbab23c647.jpg Foto: Divulgação

Quando você pensa em fazer uma viagem, a primeira decisão que precisa tomar é se planejará todos os detalhes por conta própria ou se terá a ajuda de uma agência especializada no assunto.

No entanto, quem opta pelo apoio de uma agência, precisa pensar em outro aspecto igualmente importante para determinar a identidade que a viagem terá: contratar uma agência focada em turismo tradicional ou receptivo.

Afinal, o que é turismo receptivo?

O conceito de turismo receptivo pode ser facilmente entendido como a ajuda de um personagem que marca presença em quase todos os aeroportos do mundo: o cara que segura uma plaquinha com o nome de alguém no portão de desembarque!

Uma agência de turismo receptivo tem sede na cidade que você pretende visitar. Basicamente, os profissionais desse tipo de empresa moram no destino, entendem a dinâmica dele e podem compartilhar as melhores dicas.

Além de prestarem apoio em todos os aspectos da organização de uma viagem, esse tipo de agência tem a estrutura necessária para receber os viajantes, disponibilizar guias turísticos e prestar suporte.

Contratar uma agência focada em turismo receptivo é a garantia de que você aproveitará as melhores atrações do destino que deseja conhecer, como construções, estabelecimentos e eventos.

Quais são as diferenças entre turismo tradicional e receptivo? 

 As agências tradicionais costumam focar no que chamamos de turismo emissivo. Como o próprio nome já sugere, elas são especialistas em enviar viajantes para destinos onde não possuem sedes.

Para tornar esse trabalho possível, as agências de turismo emissivo fecham parcerias com companhias aéreas, estabelecimentos locais e, inclusive, agências de turismo receptivo.

Outra medida adotada por elas é a contratação de agentes de viagem que tenham ampla experiência no ramo turístico. Mesmo assim, as cidades mudam o tempo inteiro e os profissionais demoram a se atualizar!

Para que tipo de viajante ele é indicado?

Contratar uma agência focada em turismo receptivo é a alternativa perfeita para quem gosta de ter, pelo menos, um pouco de controle sobre a própria viagem. Afinal, tudo pode ser resolvido diretamente com ela!

Quem preza pelo próprio conforto, também deve contar com esse tipo de agência. Em uma viagem internacional, ela fornece profissionais que falam a língua do viajante e identificam as barreiras culturais, por exemplo.

Aqueles que gostam de comodidade tendem a virar clientes fiéis dessas empresas, pois não precisam perder tempo elaborando roteiros ou descobrindo quais atrativos realmente valem a pena.

Por fim, contratar uma agência de turismo receptivo é garantia de segurança. Dessa forma, você pode curtir suas férias ao máximo, sem medo de ficar desamparado, caso aconteça algum imprevisto.

 

Este texto foi publicado originalmente no blog da Turismo Rodocide (www.rodocide.com.br/blog). Acesse e veja mais!



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg