Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Turismo de SC cresce 6,7% em 2017 e abre mais de mil novas vagas de emprego

O setor, hoje, representa 13% da movimentação econômica do Estado.

47214bc463aebfc3955bd5e4a895ee29.jpg Foto: Divulgação

O turismo de Santa Catarina cresceu 6,7% em 2017 e abriu mais de mil novas vagas de emprego no período. Os dados de crescimento são da Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e referem-se à evolução do volume de vendas do setor em relação aos 12 meses de 2016. O desempenho foi o terceiro melhor do país, atrás apenas de Goiás (11,1%) e de Pernambuco (8,2%). No mesmo período, o segmento no Brasil encolheu 6,5%.

O bom resultado do setor impactou positivamente na geração de oportunidades de emprego no Estado. De acordo com o estudo Empregabilidade no Turismo, produzido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), enquanto no Brasil o segmento turístico fechou em torno de 12,7 mil vagas, Santa Catarina foi o 4º estado na geração de oportunidades em comparação a 2016, ofertando 1.092 novos postos de trabalho. Ficou atrás apenas de São Paulo (7.481 vagas criadas), Goiás (1.864) e Paraná (1.301). Entre 2016 e 2015, Santa Catarina havia apresentando saldo negativo, cortando 803 empregos.

O crescimento do turismo catarinense foi influenciado, especialmente, pelos últimos meses do ano, quando apresentou uma melhora consecutiva nas vendas. Na comparação com o mesmo período de 2016, segundo os dados do IBGE, a alta em setembro foi de 7,2%; em outubro, de 1,4%; em novembro, 5,4%; e em dezembro, 19%, mês em que o Estado registrou o melhor resultado no país. Atrás apareceram Pernambuco (16,5%) e Ceará (12%). Na ponta de baixo, as duas maiores quedas entre os dezembros foram do Distrito Federal (-16,2%) e Rio de Janeiro (-15,5%). A média nacional no período ficou em -6,3%.

“Esse dados comprovam o bom momento que vive o turismo em Santa Catarina, que, hoje, inclusive, já responde por 13% da movimentação econômica do Estado. E, se terminamos muito bem o ano passado, também estamos começando muito bem este 2018”, observou o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan. Somente os dois principais aeroportos catarinenses, o de Florianópolis e o de Navegantes, ambos internacionais, movimentaram 603,7 mil passageiros em janeiro, uma diferença de 95 mil passageiros - 17,7% a mais - em relação ao mesmo período de 2017.

“No mês passado, mais uma vez, o turismo alavancou a arrecadação do Estado, que chegou a patamares poucas vezes visto. Em relação a janeiro de 2017, a receita cresceu 10,9%, boa parte gerada pelo movimento turístico em Santa Catarina. Porque os turistas consomem energia, comunicação, combustível, vão ao supermercados e fazem a economia girar a economia”, comentou Pavan. “Também as prefeituras e os empreendedores estão vendo a importância do turismo como importante agente gerador de emprego e renda. No ano passado, tivemos a campanha ‘O Sul É Meu Destino’, realizamos um intenso trabalho com o trade turístico, além de capacitações, meetings de discussão e outros eventos que profissionalizam e preparam ainda mais os gestores para apostarem no turismo como importante fator de movimentação da economia. Assim, os resultados vão aparecendo”, acrescentou Pavan.

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg