Jornal de Pomerode


Menina pomerodense faz sucesso em um aplicativo de música

Conciliar a infância com a interação com a tecnologia é o desafio de muitos pais com os seus filhos. Inclusive da família da menina pomerodense Anita Schane, de oito anos, que já faz sucesso no aplicativo Musical.ly, com 16 mil seguidores.

07ff104ebae6ddf82d26656dfca14278.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

Conciliar a infância com a interação com a tecnologia é o desafio de muitos pais com os seus filhos. Inclusive da família da menina pomerodense Anita Schane, de oito anos, que já faz sucesso no aplicativo Musical.ly, com 16 mil seguidores. O aplicativo é de música e edição de vídeos e Anita faz sempre vídeos de 15 segundos, sobre comédia, ou dublagem de músicas ou dança. 

A mãe da menina, Adriane Socreppa, de 38 anos, conta que tudo começou há um ano e meio, com a ideia inicial de criar um canal no Youtube, chamado Mundo de Anita, mas, no próprio Youtube, ela acabou descobrindo o outro aplicativo. “No início foi uma briga, porque ela não tinha celular, mas ela usava o meu aparelho para alguns jogos e para ver os vídeos, sempre conosco monitorando. Depois de muita insistência, deixei ela baixar o Musical.ly, e então passava horas no quarto, trocando de roupas, colocando luz, fazendo os primeiros vídeos. Hoje ela tem um aparelho à disposição, mas sem número, e serve apenas para a produção dos vídeos. O quarto foi transformado em um mini estúdio, com luz e tripé”, conta Adriane. 

De acordo com a mãe, o aplicativo dialoga com as crianças e lança desafios diários. Ele estimula a criação de hashtags do dia e foi ali que Anita começou a aparecer mais. Os vídeos que ela fazia ficavam na categoria Tendências das Hashtags e logo os seguidores começaram a surgir. 

“Mas aos oito anos, ela fazia os vídeos, largava o celular e nem se importava com as curtidas e comentários. Era tudo uma brincadeira, que ela fazia para ela mesma. Logo eu passei a ajudá-la a responder as crianças. Era curioso, pois como tudo estava no meu celular, eu não parava de receber notificações e comentários, elogios aos vídeos e os seguidores iam chegando diariamente. Foi aí que eu e meu marido passamos a dar mais atenção e entendemos que precisávamos monitorar e aprender mais sobre o aplicativo já que ela adorava fazer os vídeos”, explica. 

Anita é sempre muito cuidadosa com os vídeos que faz e, pelo que relata Adriane, a filha sempre cuida muito com a luz do ambiente, com o cenário, com as roupas que usa, sempre com muita dedicação. Outra coisa que ajudou a Anita a crescer foi quando ela começou a frequentar as lives (transmissões ao vivo). Ali ela teve contato com os mais famosos e passou a ser conhecida por alguns que a elogiavam, falavam para o pessoal seguir pois ela era pequena e fazia bons vídeos. 

“Logo comecei a fazer minhas lives. Nas lives rolam joguinhos, você convida as crianças que não te seguem a te seguir, pede pra elas curtirem seus vídeos, as crianças fazem perguntas. As lives do Mundo de Anita, começaram com 50, 100, e hoje reúnem 500 e até mais crianças, já chegou a ter 1.500 visualizações. Mas não tenho rotina para fazer, faço quando quero”, afirma a menina. 

Mas, mesmo com todo o alcance, os pais cobram a dedicação na escola. Para eles, os estudos são a prioridade e Anita produz os vídeos à noite, ou após fazer as suas tarefas, ou nos fins de semana, aproveitando para fazer um “estoque”.  Além disso, Adriane ressalta que monitoram tudo, e Anita sempre precisa mostrar o que vai postar. 

“Olhamos as músicas que ela escolhe, ajudamos a localizar as hashtags. Às vezes vou dormir muito tarde, pois leio tudo que comentam e tudo que ela escreve. Fazemos tudo juntas. Há menos de um mês, depois de relutar, abrimos o Instagram Mundo de Anita, ela está em dois mil seguidores vindos do Musical.ly”, revela. 
A mãe conta, ainda, que o que a filha mais gosta de fazer é escolher as músicas, brincar com as roupas e conquistar um efeito difícil no vídeo, além de preferir o estilo Transição e Lypsinc (dublagem). “Acho que, de verdade, ela faz pra ela. Quem a conhece sabe que aquela Anita atrás do vídeo se transforma. Pois no dia a dia ela é discreta, passa despercebida, é apenas uma menininha de oito anos. Esse mundo digital é infinito e esta nova geração não tem medo de estar na frente dele. Neste momento não temos nenhum plano, estamos apenas vendo ela se divertir” finaliza a mãe.

 



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 2 fotos









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg