Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Stephen Hawking morre aos 76 anos

Considerado como uma das mentes mais brilhantes da época, Stephen Hawking, físico britânico, morreu nesta quarta-feira, 13, em sua residência.

e10529adb80394b5a01165877a3ae273.jpg Foto: -Stephen Hawking em imagem de abril de 2016Lucas Jackson/Arquivo/Reuters

"Olhe para as estrelas e não para os seus pés".

Stephen Hawking, ao completar 70 anos. 

Na quarta-feira, 14 de março, morreu o físico britânico Stephen Hawking, aos 76 anos, em sua residência, localizado em Cambridge. Considerado como uma das mentes mais brilhantes do mundo, Hawking chegou a ser comparado com Albert Einstein e Isaac Newton.

Referência nos mais diversos assuntos e conquistando uma legião de fãs, o físico apresentava ideias brilhantes e uma genialidade sem igual, enquanto lutava contra a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA).

História:

Stephen William Hawking nasceu no dia 8 de janeiro de 1942, em Oxford, na Inglaterra. Filho de Frank Hawking, um biólogo pesquisador, e Isabel Hawking, teve duas irmãs e um irmão adotivo.

Desde pequeno apresentou interesse por ciência, ao estudar na St Albans High School for Girls. Em 1959, ingressou na University College, em Oxford, no curso de matemática. O pai de Stephen, se posicionou contrário à decisão do filho e o aconselhou a fazer medicina. Como o curso não estava disponível na universidade, o garoto decidiu cursar física, formando-se três anos depois. Obteve seu doutorado na Trinity Hall, Cambridge, em 1966, tornando-se pesquisador e professor no Gonville and Caius College, apenas o começa de uma carreira brilhante.

Aos 21 anos, foi surpreendido com Esclerose Lateral Amiotrófica e a partir deste diagnóstico, passou a depender de uma cadeira de rodas e uma voz computadorizada. Mesmo com todas as dificuldades, Hawking superou as expectativas dos médicos. "Tratei de levar a vida mais normal possível e de não pensar na minha doença ou lamentar as coisas que não posso fazer, que não são tantas", escreveu.

No ano de 1965, o gênio se casou com Jane Hawking, com quem teve três filhos. Após o divórcio, em 1991, casou novamente com Elaine Mason, enfermeira, com quem se divorciou no ano de 2006.

Ao longo de sua carreira, o físico alcançou prêmios e o reconhecimento de seus feitos brilhantes. "Sua valentia e persistência, aliadas ao seu brilhantismo e humor, inspirou pessoas em todo o mundo", destacaram seus filhos, ao noticiar a morte do pai.

Filme:

Baseado na história de Stephen Hawking, no ano de 2014, a Universal Pictures lançou o filme “A Teoria de Tudo”. Interpretado por Eddie Redmayne, a produção mostra o jovem astrofísico e suas descobertas importantes, sua vida amorosa e a luta contra a doença. O filme já está disponível no Netflix. 



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Lucas Jackson/Arquivo/Reuters Murdo Macleod
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg