Jornal de Pomerode


Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pomerode – 22 de agosto de 2017

A Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pomerode foi aberta pelo presidente do Legislativo, Rafael Pfuetzenreiter, que cumprimentou os presentes, em especial aos visitantes, imprensa e ouvintes via online.

05b01ef7ef873e6b25f06aaba929a11f.jpg Foto: Divulgação

Relocação de abrigo de passageiros 

O vereador Sirio Jandre apresentou a Indicação nº 87/2017, que solicita ao Executivo a relocação de abrigo de passageiros. “Existe um abrigo de passageiros localizado na Rua Presidente Costa e Silva, em frente à residência de n° 2.105, que atrapalha a entrada e saída dos moradores em virtude de o ônibus parar na entrada do imóvel. Sendo assim, solicito a relocação do referido ponto de ônibus”, explicou.

Moção de Pesar ao amigo Márcio Blodorn
A vereadora Cleide Kamchen apresentou a Moção de Pesar nº 6/2017, pelo falecimento do amigo Márcio Blodorn. Segue o texto na íntegra: Através desta Moção, externo, assim como os demais vereadores, o profundo pesar pelo falecimento do amigo Márcio Blodorn. Márcio Blodorn nasceu no dia 03 de novembro de 1961 e partiu da vida terrena no dia 21 de agosto de 2017. Tinha 55 anos. Deixou enlutados sua mulher, Rosita Blodorn; sua filha Tânia Schoenfelder; seu genro Patrick Schoenfelder; sua neta Eduarda Schoenfelder, a Duda; demais familiares; amigos e conhecidos. Márcio era uma figura pública, bem conhecida em nossa Pomerode, principalmente na sua região, Testo Rega. Era mecânico e iniciou sua profissão em 1974. Iniciou cedo, com 13 anos. Interessante citar que se deslocava diariamente com sua monareta até o seu primeiro emprego, a Oficina Mecânica Testo Central, da família Dallmann, no bairro Testo Central. Ainda trabalhou em outras oficinas, tais como a Oficina Mecânica Volkmann, do Sr. Rudi Mass (em direção ao bairro Pomerode Fundos); Celmak, no Centro; Oficina Mecânica do Sr. Ingo Volkmann, na Rua Vila Nova; também no Centro, próximo ao Samae. Desde 2006, Márcio tinha a sua própria oficina, a Jucar, localizada na Rua Morro Strassmann (em sua casa), no bairro Testo Rega. Márcio era conhecido como Juca ou Jucabum, pois era fã do desenho a Quadrilha de Morte.  Nesse desenho, os sete gangsters bonzinhos defendem Penélope Charmosa, a mocinha. Defendem Penélope do personagem Dick Vigarista. Penélope, no desenho, usa roupas da cor rosa. Márcio, durante a gravidez de sua filha Tânia, comprou um buggy. Com o tempo ele montou todo o buggy, e a Duda, sua neta, que é fã da Penélope Charmosa, ganhou do Opa Márcio o buggy rosa. Márcio era uma pessoa brincalhona, carismática e mesmo com a doença enviava mensagens positivas a todos. Aqui menciono uma passagem. Minha mãe, Célia, quando estava no hospital com o meu avô, que faleceu este ano, Márcio apareceu e disse: “Zeca você sairá dessa. Dona Célia tudo ficará bem”. Márcio era muito querido pela minha família. Nós dois, nas redes sociais, debatíamos sobre política e ele pegava no meu pé quando o meu Flamengo perdia. E na data de ontem, quando soube do ocorrido pela minha mãe, meu dia não prestou mais. Pensei na hora: como nos falta sensibilidade em perceber que algo mudou! Márcio tinha sumido das redes sociais! Não conversava mais comigo no inbox! E fica aqui um recado: temos que estranhar o estranho! E com todo o respeito à família, destaco aqui um trecho que debatemos nas redes sociais sobre política. Eu mencionei em abril desse ano: “O governo quer um povo ignorante”. Márcio respondeu: “Se depender de mim não vai ter não. Posso não ter muito estudo em escolas, mas a escola da vida é o que mais me ensinou”. Praticamente finalizando essa moção, peço licença à Tânia, para citar a linda mensagem que ela fez ao seu pai, Márcio Blodorn: “Então Pai, chegou mais um Dia dos Pais...

Queria estar comemorando como nos outros anos, mas nesse a situação é diferente... seu estado de saúde é muito delicado e estamos lutando com unhas e dentes, com a garra que é tão comum na nossa família, para ver você sair dessa...Não está sendo fácil, essa doença é tão cruel e é muito difícil ver você emagrecendo e sofrendo cada dia mais...”Força”, “Fé em Deus”, “Vai dar tudo certo”...foi o que mais nós ouvimos nos últimos tempos...mas infelizmente nada disso diminui o seu sofrimento (e o nosso também!)...Como presente, queria muito poder oferecer a sua cura, mas esse presente só Deus pode te dar! Enquanto isso, nós seguimos orando por esse milagre e agradecemos cada dia feliz que passamos ao seu lado!!!Obrigada por ter sido esse pai tão alegre e espirituoso e esse avô tão dedicado e apaixonado pela neta! Nós? Seguimos com fé em Deus, com a força necessária pra encarar esse momento tão difícil e com a esperança que tudo dê certo no final! Feliz Dia dos Pais!”. E na data de ontem, no dia que Márcio nos deixou, Tânia, sua filha comunica: “O guerreiro descansou”. Descansou Família Márcio Blodorn! E de fato foi um grande guerreiro! Está em outro andar neste momento, olhando pela Senhora, Dona Rosita, por você Tânia, por você Patrick, por você, pequena Duda. Olhando pelos familiares, pelos amigos, pelos conhecidos. Olhando por Pomerode. Enfim, está conversando e trocando ideias com o meu avô. Ambos nos enviarão forças positivas, sabedoria e discernimento em nossas vidas! Márcio Blodorn, que Deus, com sua imensa sabedoria e misericórdia, possa confortar seus familiares e amigos nesse momento de dor e de saudades. Finalizando: Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá; – João 11:25.

Moção de Pesar ao servidor público Carmo Koepp

A vereadora Cleide Kamchen apresentou a Moção de Pesar nº 7/2017 pelo falecimento do servidor público Carmo Koepp. Segue o texto na íntegra: Através desta Moção, externo, assim como os demais vereadores, o profundo pesar pelo falecimento do servidor público, Carmo Koepp. Carmo Koepp nasceu no dia 22 de setembro de 1977 e faleceu no dia de hoje, 22 de agosto de 2017. Alcançou a idade de 39 anos. Deixou enlutados sua mulher, Elizabete Gonçalves Lemos Koepp; suas 3 (três) filhas, Alexia, Maria e Isabele Koepp; seus pais, Isolde e João Koepp; demais familiares; amigos, profissionais da Educação e conhecidos. Carmo residia na Rua Otto Behling, no bairro Testo Rega. Era servidor público. Iniciou no Município de Pomerode em 1998, em caráter temporário. Atuou como professor em diversos estabelecimentos de ensino, tais como: Escola Rodrigues Alves, Escola Almirante Barroso, Escola Desativada Professor Vidal Ferreira no Wunderwald, Escola Extinta Friedrich Goede em Pomerode Fundos, Escola Duque de Caxias, Escola Hermann Guenther. Em 2001 foi colocado à disposição para lecionar nas Creches Domiciliares. No ano de 2002 foi nomeado como Professor de Educação Infantil com lotação no Centro de Educação Infantil Reimar Ehlert, na Rua Rega II. Em 2007 foi nomeado como Professor Regente no Centro de Educação Infantil Reimar Ehlert. Em março de 2017 foi nomeado como diretor do Centro de Educação Infantil Rosa Borck. Pomerode acordou consternada! Pomerode está em luto! A morte de Carmo Koepp, tão repentina, enluta não somente seus familiares, amigos, profissionais que compõem a Rede Pública Municipal de Ensino, mas também toda a sociedade pomerodense. Carmo era uma pessoa muito conhecida e respeitada por sua conduta dedicada à Educação. Era muito exigente e compromissado com as suas funções. No bom português: “vestia a camisa”. Atuou na rede pública municipal de ensino por aproximadamente 20 anos. Aos seus familiares, especialmente a sua esposa, Elizabete e as suas três filhas, Aléxia, Maria e Isabele, sinceras condolências; salientando que esta Casa Legislativa não poderia se refutar a esta homenagem. Que Deus, com sua imensa sabedoria e misericórdia, possa confortar a todos nesse momento de dor e de saudades.

Pomerlamm Fest I

Em seu pronunciamento, o vereador Ademar Marquardt cumprimentou a todos e parabenizou pela organização da Pomelamm Fest, antiga Festa do Borrego.

“Merece os nossos elogios, muito bem organizada, com belíssimos animais nas exposições, excelentes bandas e expositores. Para quem deseja o resgate das nossas tradições, gosta de agricultura e busca uma alternativa mais prazerosa de vida. Na sua 8ª edição, feita com pessoas simples, de muita garra. Havia muitas entradas de cortesia para que a comunidade pudesse comparecer. Desejo que esta festa continue por muito tempo. Tanto o Executivo como o Legislativo, compareceram para prestigiar. Parabéns à equipe”, disse. 

Câmara Literária de Pomerode e Feira do Livro

Na sequência, o vereador Ademar Marquardt informou que teve a grata surpresa de presenciar a criação da Câmara Literária de Pomerode, por meio dos escritores pomerodenses Cícero Pedro de Melo, Neida Rocha e Andrea Gustmann. “O lançamento foi feito na Câmara de Vereadores. O objetivo é resgatar o entusiasmo pela leitura, pela pintura e pela arte no geral. Fico feliz, pois com o cenário nacional que vemos... Queremos ver os nossos jovens se interessarem mais pela literatura.

Temos ótimos escritores em Pomerode, que já possuem diversas publicações... Todos merecem os nossos aplausos. Além da Câmara Literária lançada hoje, a proposta também é resgatar a Feira do Livro em Pomerode, que não acontece há anos. Em minha opinião, se queremos resgatar a cultura de Pomerode temos que incentivar projetos como este. A retomada deste evento foi aprovada pelo Governo Federal, por meio da Lei Rouanet. A ideia é promover em maio de 2018. Para isso, quero pedir a ajuda das empresas, pois este projeto permite que estas possam doar 4% do imposto de renda. As pessoas físicas que fazem a declaração total poderão ajudar com 6%. Quem tiver interesse basta informar e receberão informações sobre o projeto e como proceder. A Feira do Livro envolve várias propostas de lazer, palestras, debates, shows, inclusive com a presença de escritores nacionais, e por que não, internacionais. Cabe agora então, as empresas e pessoas físicas que queiram ajudar se comprometerem para que este evento seja um sucesso”, falou.

Sentimento de pesar I
Para finalizar, o vereador Ademar Marquardt manifestou seus pêsames pelo falecimento dos senhores Carmo Koepp e Márcio Blodorn. “Que as suas famílias tenham conforto dentro do possível”, disse. 

Sentimento de pesar II
O vereador Amarildo da Silva se solidarizou com os familiares em virtude do falecimento dos senhores Carmo Koepp e Márcio Bloedorn. “Todos temos uma passagem nesta vida e somente Deus sabe a nossa hora. Manifesto aqui os meus sentimentos”, disse.   

 Pintura de sinalização

O vereador Amarildo da Silva apresentou a Indicação nº 88/2017, que solicita ao Executivo a pintura de sinalização. “Os moradores da Rua Massaranduba pedem urgentemente a pintura da faixa de sinalização na entrada da rua nas proximidades do antigo mercado Maropi, pois a ausência coloca em risco a segurança dos escolares, pedestres ciclistas e motoristas em geral”, disse.

Manutenção da proteção nas laterais de ponte

O vereador Amarildo da Silva apresentou a Indicação nº 89/2017, que solicita ao Executivo a manutenção da proteção nas laterais da ponte. “Solicito a manutenção da proteção nas laterais da ponte na Rua Alvin Jandre, que foram quebradas por vândalos, medida que se faz necessária para garantir a segurança de todos, pois sem as devidas proteções nas laterais da ponte as pessoas ficam expostas a acidentes no local”, falou.

Sucesso à frente do Executivo
Na sequência, o vereador Amarildo da Silva desejou sucesso à prefeita em exercício, Gladys Sievert. “Neste período a frente do Executivo desejo sucesso à senhora Gladys e à nova secretária interina, Karin Guadalupe Hass, que assume a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Que possamos já saber quais as suas próximas ações. Esta é uma pasta de extrema importância para desenvolvimento do nosso município”, disse.

Casas Populares
O vereador Amarildo da Silva agradeceu ao Executivo em relação à documentação recebida referente às escrituras das Casas Populares já existentes. “Essa documentação é referente às casas dos Bairros de Testo Central, Ribeirão Souto, Wunderwald e Testo Rega. Enfim, os moradores me cobram quando serão entregues as escrituras destes terrenos aos moradores”, falou.

Pomerlamm Fest II

Em seu discurso, o vereador Jean Nicoletto agradeceu a presença de todos e reforçou o convite para a comunidade, para que compareçam à Sessão Legislativa. O parlamentar parabenizou os organizadores da Pomerlamm Fest. “Foi uma festa em que as famílias puderam prestigiar e que resgatou a cultura de Pomerode. Os colonos de nossa cidade tiveram a oportunidade de ver equipamentos, exposições e retornar aos velhos tempos da Festa Pomerana em que existiam estas exposições. Parabenizo os organizadores que mantiveram estas tradições. Foi um grande sucesso”, disse.  

Prefeita em exercício

Como Líder da Bancada do PSDB, Jean Nicoletto disse que não poderia deixar de mencionar que a vice-prefeita, Gladys Sievert, assumiu o cargo de prefeita até o dia 04 de setembro. “Parabenizo a nossa guerreira Gladys Sievert pela oportunidade concedida pelo prefeito Ércio Kriek, do qual tirou férias para o seu descanso”, ressaltou. 

Obras na cidade

O vereador Jean Nicoletto apresentou em slides duas fiscalizações para que a comunidade tenha ciência das obras realizadas na cidade. O parlamentar esteve na Saibreira do Wunderwald onde é retirado o macadame de Pomerode. Foi feita uma filmagem mostrando para a população a forma que acontece a retirada do material até chegar às ruas. Também apresentou a lei que autoriza a concessão de macadame para a Prefeitura. “O seu Valmor Rahn, Lore Jung, Elzira Dalhke e Norberto Glatz, ganham um valor referente à retirada deste material que somam mensal de R$ 1.690,34. Desejo os parabéns à equipe que trabalha no local, não é um trabalho fácil e sim desgastante. Também informo sobre a obra da Rua Hilda Guilhermina Volkmann que está sendo pavimentada e levantando grande debate. Foi feita a pavimentação num todo e se deixou a via interditada durante o processo. Peço a compreensão da comunidade, pois é algo que será para melhorar a vida das pessoas que passam por este local. Parabenizo o secretário de Obras por atender esta necessidade”, falou. 

Sentimento de pesar III

O vereador Jean Nicoletto expôs seus sentimentos às famílias dos senhores Carmo Koepp e Márcio Blodorn. “Uma perda como esta não é fácil. Desejo força a ambas as famílias”, disse.

Diretoria da Apae 

Em seu pronunciamento, o vereador Marcos Dallmann cumprimentou a todos, em especial, a diretoria da Apae presente na Sessão. “Aprendi muito e cresci como pessoa quando fiz parte da diretoria da Apae. Parabéns pelo trabalho”, disse.

Assembleia dos Servidores Públicos I

O vereador Marcos Dallmann disse que participou na última quinta-feira da Assembleia dos Servidores Públicos, na Câmara de Vereadores. O motivo da convocação foi em virtude do envio do Projeto de Lei Complementar 339, enviado pelo Prefeito à Câmara de Vereadores. “Este PL compreende a alteração de alguns artigos do estatuto e foi enviado sem que houvesse qualquer tratativa com o Sindicato dos Servidores. A decisão foi unilateral. Segundo o Sindicato a categoria conquistou muitos avanços nos últimos anos quando era possível sentar com o Executivo e discutir alterações. Lembrou que na época do ex-prefeito Paulo Pizzolatti as mudanças do estatuto sempre foram negociadas com o Sindicato e depois na gestão do ex-prefeito Rolf Nicolodelli as negociações foram sendo intensificadas. Tanto que a reformulação do Estatuto foi feita em 2015 realizada com uma comissão de aproximadamente 15 servidores representando todos os setores e funcionários. O que pude perceber foi um descontentamento muito grande com os presentes nesta última reunião, em relação a como estão sendo tratados. Houve quem lembrou que durante a Campanha Eleitoral a promessa foi de valorizar o servidor público antes de realizar qualquer ação que pudesse alterar suas vidas funcionais e isto foi quebrado já no primeiro ano. A presidente do Sindicato informou que por duas vezes solicitou ao prefeito que retirasse o PL da Câmara e este, de maneira autoritária, se nega ao pedido. Peço ao Líder de Governo que converse com o Executivo para que este repense a forma está conduzindo a questão. Que se lembre da proposta de Campanha que dizia: Plano Participativo e Compartilhado de Governo pensando juntos, a cidade que queremos. Sou da opinião que o servidor público é o pilar que sustenta um governo. Não queremos servidores descontentes tendo que brigarem através de paralizações ou greves. Sabemos que a situação financeira a nível nacional está desfavorável aos gestores, mas não podemos permitir que os servidores tenham que começar a pagar a conta. Temos a própria lei de responsabilidade fiscal que sugere que todas as medidas a serem tomadas em relação à adequação fiscal do município, o servidor público será sempre o último pilar a ser mexido. Por tanto, quero aqui manifestar o meu apoio à causa dos servidores e torço para que o prefeito não tire destes as conquistas adquiridas nos últimos anos pelo funcionalismo”, concluiu. 

Discussão de requerimentos na Casa Legislativo

O vereador Marcos Dallmann disse que não poderia deixar de se manifestar sobre um ocorrido na sessão passada. Trata-se da discussão de requerimentos na Casa Legislativa. “O requerimento é um instrumento pelo qual os vereadores encaminham solicitações de obras, serviços e principalmente informações ao Poder Executivo. Pode, também, ser um instrumento para solicitar informações a outros órgãos, para emitir condolências em caráter oficial, enfim, o requerimento serve para oficializar uma série de atos relacionados ao trabalho parlamentar. O requerimento não tem força de Lei. Porém, necessita ser aprovado pelo plenário. O requerimento pautado em plenário é uma forma que os parlamentares possam demonstrar aos seus eleitores e munícipes em geral, o seu trabalho perante a cidade.

No meu primeiro mandato como vereador, junto com meu colega Nelson Fischer, entendíamos que sempre quando há duvidas, cobranças, ou qualquer que seja o objeto do requerimento dentro das atribuições de um vereador, teríamos que ser favoráveis. Lamento, pois o requerimento de nº 29/2017, que esteve em pauta na sessão passada, de forma onerosa chegou a uma discussão sem fundamento e até gerou desconforto e desconfiança do porque da resistência por parte de alguns vereadores. Com todo respeito à vereadora Cleide, na sua profissão e ao cargo que está ocupando, considerando as inúmeras solicitações através de ofícios encaminhados por você a diversos órgãos, considerando que para apurar e fiscalizar se faz necessários documentos em mãos, pois por mais que se fala, palavras vão ao vento. Então, não consigo entender a postura da colega quanto ao requerimento”, terminou. 

Identificação de ruas

O vereador Marcos Dallmann informou a chegada de um ofício endereçado ao presidente da Casa que trata de resposta do requerimento 21/2017, da vereadora Cleide. Que o Executivo solicita um valor de R$ 150 mil para dar continuidade às identificações de placas nas ruas. “Em 2016 foi encaminhado o oficio 314 do gabinete da Prefeitura solicitando R$ 150 mil da redução de dotação da Câmara e o mesmo foi rejeitado pelos vereadores. Agora o mesmo pedido está sendo feito pelo atual prefeito e já manifesto a importância deste pedido. Vamos verificar o orçamento da Casa, mas é uma medida importante. Ano passado eu seria favorável ao pedido, assim como serei desta vez. Muitas vezes cobramos a deficiência dos correios, mas não fazemos a nossa parte de identificar as ruas para que estes profissionais possam fazer as entregas de forma correta. Peço que seja revisto pela importância do trabalho”, disse. 

Assembleia dos Servidores Públicos II

Cleide Kamchen destacou em seu pronunciamento o Projeto de Lei Complementar Municipal nº 339/2017 que altera alguns dispositivos da Lei Complementar Municipal nº 269/2017. O projeto de lei nº 339/2017 trata do serviço extraordinário, do banco de horas e de alguns critérios para o percebimento do prêmio assiduidade. “Terei a seguinte postura com projeto que envolve o servidor público municipal: conversarei com o Executivo e com o Sindicato da categoria. Tem que ter diálogo. Enfim, o prefeito tentou conversar com a presidente do Sindicato, mas a mesma estava em férias. Neste intervalo ele enviou o projeto de lei para esta Casa. Não estou defendo aqui o prefeito, ele poderia ter aguardado mais. Mas, gostaria de fazer justiça dizendo que ele tentou falar com a presidente do Sindicato. Pois bem, informo que o projeto de lei foi retirado da Casa Legislativa e com certeza será melhor analisado, pois o estatuto dos servidores se contradiz em várias questões. Inclusive nas gratificações”.

Processo Seletivo

Cleide falou sobre o Processo Seletivo do Município de Pomerode. “Várias pessoas questionam, mas é provável que a publicação do edital seja em setembro de 2017. O concurso público é outra etapa, provavelmente no ano que vem”, disse.

Rezoneamento das zonas eleitorais

Na sequência, Cleide também informou à comunidade sobre o processo de rezoneamento das zonas eleitorais. “Acompanhei o julgamento no dia 16 de agosto, do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, e comunidade fique tranquila, pois a 55ª Zona Eleitoral de Pomerode não será extinta. Inclusive absorverá os eleitores de Rio dos Cedros. Dou esta notícia e acredito que todos aguardavam. Não podemos perder o que já temos”, pontuou.

Números do Samae

Cleide Kamchen apresentoualguns números da autarquia Samae. Os dados compreendem o período de 01.01.2017 a 30.06.2017. “Seguem as receitas do Samae até 30 de junho de 2017: Coleta de lixo - R$ 1.095.254,86; tarifa de água - R$ 2.766.048,55; ligação rede água - R$ 23.998,53; tarifa de esgoto - R$ 16.194,87; coleta transporte resíduos sólidos - R$ 224.246,70; ainda existem outras receitas. O total até 30 de junho de 2017 arrecado pelo Samae é de R$ 4.356.483,71. Seguem as despesas, lembrando que o Samae é uma indústria que produz, trata e abastece água: com pessoal - R$ 2.159.625,26; com diárias - R$ 460,00; com matérias de consumo - R$ 532.433,06; outras despesas R$ 1.566,96566. Houve ainda investimentos de R$ 500.223,01. O total de despesas até 30.06.2017 é de R$ 4.259.483,98. Um Superávit de R$ 96.999,73. O saldo aproximado que o Samae tem em caixa é de R$ 480.000,00”. Cleide Kamchen também explicou o motivo da Casa Legislativa ceder o valor de R$ 500 mil, mesmo com o saldo. “Precisa ter uma reserva para imprevistos. Quem tiver interesse em analisar estes números posso disponibilizá-los. Estão detalhados no pendrive. E assim que o vereador Marcos receber a resposta do seu requerimento em relação ao Posto de Saúde gostaria que expusesse à comunidade e aos demais parlamentares, pois não apresentar a resposta de um requerimento, para mim, é a mesma coisa que um nada à comunidade”, concluiu.    

Causa animal 

Por fim, o vereador Rafael Pfuetzenreiter proferiu o seu pronunciamento abordando sobre a causa animal. “Em relação a este assunto, estive na semana passada visitando o abrigo de animais de Pomerode que está desativado, juntamente com alguns membros da causa. Neste local já foram investidos R$ 82 mil pela gestão passada, a qual ainda não teve uma conclusão. Que se encontra em um estado moderado e que será feita uma limpeza pela atual administração. Numa parceria com voluntários da causa animal será utilizado para mutirões de castração em nosso município. A ideia desta finalidade é muito válida, pois envolve um baixíssimo custo para a comunidade. A maior parte do trabalho será realizado por voluntários e também por veterinários que se dispõem a fazer estas castrações a um valor até mais acessível à população. Um investimento que normalmente é de R$ 300 reais ou até R$ 600 reais dependendo do veterinário, neste caso, gira em torno de R$ 150 reais por castração (nestes dias que serão realizados pela administração e pelos voluntários). Com tudo, o investimento máximo para a aquisição de materiais será de R$ 15 mil para iniciar estes trabalhos”, falou.

Rede de Vizinhos 

Rafael Pfuetzenreiter discursou em relação à Rede de Vizinhos, realizada pela Polícia Militar de Pomerode. “Esta é uma ideia desempenhada também em outras cidades, como Blumenau. Ressalto a importância da população se interessar para que estas medidas possam ser criadas em cada bairro, com o intuito de melhorar a comunicação entre os vizinhos e a segurança dos mesmos. As pessoas interessadas devem se dirigir à PM, pois o órgão possui um baixo efetivo ficando difícil ir de rua em rua convidar todas as pessoas. Depois de informado o interesse pela comunidade, a PM pode então organizar a implementação. Ressalto que já foi realizada uma reunião no dia 08 de agosto pela Polícia do nosso município onde reuniu cerca de 42 cidadãos da Rua Vale do Selke Grande. Este projeto visa melhorar a comunicação dos munícipes através do WhatsApp, para que os vizinhos se comuniquem e tenham a ciência de quem transita pelo bairro e pela sua rua. Para que saibam se existe alguma pessoa com má intenção ou má índole. Em cima desta matéria apresento alguns dados coletados da cidade de Blumenau. Uma comparação de roubos a residências, pedestres, veículos e comércios, de 2016 a 2017. Desde que foi implementado o Programa Rede de Vizinhos na cidade de Blumenau o roubo a residências caiu para 41 naquela cidade. Roubos não especificados subiram de 41 para 57. Roubos a pedestres desceram de 228 para 127. Em comércio, de 40 para 35. De veículos de 17 para 11. E roubo de outros veículos de 82 para 73. Ou seja, em 2016 na cidade de Blumenau diversos delitos somaram 449. Em 2017 caiu pra 312. Simplesmente pela implementação da Rede de Vizinhos em diversas ruas da cidade de Blumenau. Acredito que a população deve se mobilizar em relação a este Programa para ajudar a PM do nosso município”, concluiu.

Projeto Aluno Nota 10 

Para finalizar, o vereador Rafael Pfuetzenreiter informou sobre a entrada do Projeto Aluno Nota 10 para estudantes de ensino fundamental e médio das redes de ensino pública e privada de Pomerode. “O projeto é de autoria da Mesa Diretora, sendo que eu acredito que todos os vereadores se manifestarão favoráveis porque só vem a trazer frutos para o nosso município. A ideia é premiar os melhores alunos do 9º ano do ensino fundamental como também do 3º ano do ensino médio pelas melhores notas na média geral em seus colégios. Nós temos oito escolas municipais do ensino fundamental, três colégios estaduais do ensino médio, e duas escolas do ensino fundamental da rede particular. Então, seriam 13 alunos premiados no início do ano que vem em uma sessão solene para a entrega de certificado. Depois de selecionar os alunos de cada instituição serão selecionados os melhores do município. Um do ensino fundamental e um do ensino médio. A premiação para estes dois alunos é de possíveis convênios com empresas e instituições. A ideia é realmente criar e valorizar os estudantes que estudam e se dedicam. E prepará-los para o mercado de trabalho que hoje é muito disputado. Declaro aos demais vereadores e à comunidade que para este ano com o projeto aprovado pelos vereadores já conseguimos empresas e instituições interessadas e que querem participar. Destaco alguns convênios, como a Wizard Idiomas que já confirmou uma bolsa de estudos 100% gratuita, tanto para o 9º ano como para o 3º ano do ensino médio, para os alunos vencedores. Meu muito obrigado. Também agradeço ao diretor geral da Unicesumar que oferece uma bolsa de estudos 100% gratuita de qualquer curso à distância. Agradeço à TDV que também contribuirá com uma vaga de estágio para o melhor aluno do 3º ano. Agradeço também a Empresa Kyly que já ofereceu uma premiação, mas ainda não especificou qual. Por fim, parabenizar a Uniasselvi que oferece uma bolsa de estudos 100% gratuita para qualquer curso de graduação que oferece. Podemos fazer com que projetos como estes valorizem ainda mais os alunos que se dedicam em nosso município. Mais uma vez, parabenizo estas empresas que já se prontificaram a oferecer convênios e contribuir com este projeto”, terminou.  

ORDEM DO DIA

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Projeto de Lei nº 2773/2017, de autoria do Executivo. Objeto: Anula e suplementa dotações orçamentárias no orçamento vigente do Fundo Municipal de Assistência Social e estabelece outras providências. 

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Projeto de Lei Legislativo nº 409/2017, de autoria dos vereadores Deoclides Correa e Rafael Pfuetzenreiter. Objeto: Institui o Programa Adote uma Área Pública e autoriza o Poder Executivo a conceder por adoção, a administração de locais indicados e dá outras providências.

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação o Requerimento nº 30/2017 da Vereadora Cleide Mara Kamchen. Objeto: Cópias das escrituras públicas e certidões de matrículas dos imóveis onde atualmente estão localizadas as escolas municipais extintas/desativadas.

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Requerimento nº 31/2017, de autoria da vereadora Cleide Mara Kamchen. Objeto: Informações acerca da cessão de servidores públicos municipais a outros órgãos, instituições e repartições públicas das esferas estadual e federal.

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Requerimento nº 33/2017, de autoria dos vereadores Aldino Oldenburg, Deoclides Correa, Amarildo da Silva, Jean Carlos Nicoletto e Marcos Dallmann. Objeto: Informações sobre cobrança de taxa de lixo.

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Requerimento nº 35/2017, de autoria do vereador Amarildo da Silva, que solicita informações acerca das ações a serem tomadas à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Aprovado por unanimidade, em única discussão e votação, o Requerimento Nº 36/2017, que solicita a redução parcial de dotação orçamentária da Câmara Municipal em razão de excedente, com proposta de destinação, em favor Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), no valor de R$ 500 mil.

Próxima Sessão

A próxima Sessão da Câmara Municipal de Vereadores será realizada na terça-feira, dia 29 de agosto de 2017, às 18 horas. 
 



Veja também:









Publicidade

  • f782967c3aaf9debcc3e55baaade247c.jpg