Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Roteiro para curtir o verão em Santiago, no Chile

A Sky Airline sugeriu um roteiro com várias opções de passeios para quem vai viajar para Santiago nas férias de verão. Museus, praias, vinícolas, entre outros, são as sugestões para os turistas aproveitarem as maravilhas do Chile.

97eead09fad3dd86880990945f4e0cbc.jpg Foto: Divulgação

A Sky Airline sugeriu um roteiro com várias opções de passeios para quem vai viajar para Santiago nas férias de verão. Museus, praias, vinícolas, entre outros, são as sugestões para os turistas aproveitarem as maravilhas do Chile. A companhia aérea chilena, que recomeçou suas operações no Brasil, oferece voos regulares de baixo custo com várias opções de partidas desde Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro, com tarifas especiais.

Até março de 2019, a Sky disponibiliza quatro voos semanais na rota Florianópolis – Santiago e, no mesmo período, seis na rota Rio de Janeiro – Santiago e cinco entre São Paulo e Santiago. Os passageiros também têm outras opções para voar para o destino, a partir do Brasil, com as companhias Aerolíneas Argentinas, Avianca, Azul, Emirates, Gol e Latam.

 

PASSEIOS CULTURAIS EM SANTIAGO - Chegando à cidade, vale a pena aproveitar os dias mais quentes em passeios a pé e visitar o Museu Aberto de São Miguel. A atração, localizada no bairro homônimo, é uma grande galeria de arte urbana coletiva com murais e graffitis produzidos por mais de 70 artistas chilenos e estrangeiros.

Outro museu que merece a visita é dedicado à Violeta Parra. Os visitantes poderão conhecer a vida e obra de uma das mais renomadas artistas do país. O local reune telas, capas de discos, acessórios pessoais, manuscritos e um vasto acervo musical. A entrada é gratuita.

Para conhecer um pouco mais de Santiago, os turistas não podem deixar de ir à Plaza de Armas, marco zero da cidade. Lá estão importantes símbolos arquitetônicos da era colonial, como a Prefeitura, a Catedral Metropolitana e o Correo Central. O local também abriga dois importantes museus - o Museo Histórico Nacional, que conta a história do Chile, e o Museo Postal, em funcionamento desde 1949.

Para completar o passeio vale a pena passear a pé pelo charmoso Bairro Itália, apreciar e fazer compras nas galerias de arte, antiquários, lojas de artesanato, e depois fazer uma pausa nos cafés e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia chilena.

 

PASSEIOS PRÓXIMOS À CAPITAL CHILENA - Para quem deseja conhecer os arredores de Santiago, vale a pena alugar um carro e partir para pequenas viagens em lugares incríveis, bem perto da cidade. Um dos programas favoritos é conhecer as vinícolas do Vale do Colchagua, na rota do vinho. Partindo da capital chilena, o destino fica a apenas duas horas de viagem de carro. Ao chegar na região os turistas se deparam com inúmeras vinícolas que ofererecem experiências completas no mundo dos vinhos.

Se a preferência for por uma bela praia, Santiago também fica muito próximo a duas cidades litorâneas: Viña del Mar e Valparaíso. Elas ficam a uma média de 110 quilômetros de distância da capital e podem ser visitadas em apenas um dia. Além da bela orla marítima, Viña del Mar tem lindos jardins e cassinos para uma completa diversão. Já Valparaiso, além das praias, tem atrativos como os morros ocupados por casinhas coloridas, casarões do século 19 e a casa museu do poeta Pablo Neruda.

Para os aventureiros que desejam conhecer a estação de esqui e snowboard Valle Nevado, mesmo no verão, o resort oferece esportes de aventura, como hiking, mountain bike, cavalgada, além de passeio de teleférico, almoço típico e observação de condores, as aves típicas dos Andes. O local fica a apenas uma hora e meia de Santiago, a 3 mil metros de altitude, em meio aos picos mais altos da Cordilheira dos Andes.



Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg