Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Reunião detalha edição 2019 da LNF

Este ano, a Liga Nacional de Futsal (LNF), maior e mais tradicional competição da modalidade no país, contou com a participação de 19 times, cujo vencedor foi o Pato (PR), que derrotou o Atlântico (RS), na grande final. Só que as atenções já estão voltadas para 2019.

ebd3797ce913b3d95fe13a87487c5ff0.jpg Foto: Divulgação

Este ano, a Liga Nacional de Futsal (LNF), maior e mais tradicional competição da modalidade no país, contou com a participação de 19 times, cujo vencedor foi o Pato (PR), que derrotou o Atlântico (RS), na grande final. Só que as atenções já estão voltadas para 2019. Tanto que na quarta-feira, dia 12 de dezembro, representantes dos clubes e os franqueados estiveram reunidos em São Paulo (SP), para um balanço da competição e o início das movimentações para o calendário do próximo ano.

Segundo a organização, a LNF chegou ao fim com um marco de visibilidade, jogos de alto nível, desenvolvimento dos clubes, valorização dos atletas e profissionais envolvidos no campeonato, vibração e participação ativa do público, emoção nas transmissões e um campeão inédito.

Entre as novidades para o próximo ano, está a inclusão de Campo Mourão (PR) e Brasília (DF) na disputa. Já o Shouse (PA), por critério técnico, no primeiro momento, não participará no ano de 2019. A competição inicia no dia 05 de abril, com a fase classificatória seguindo até 30 de agosto. Já os playoffs serão realizados entre 13 de setembro e 07 de dezembro.

Além dos times citados, os demais participantes da competição serão Blumenau, Joinville, Jaraguá, Joaçaba e Tubarão (SC); Carlos Barbosa, Atlântico e Assoeva (RS); Cascavel, Marreco, Pato, Copagril e Foz Cataratas (PR); Corinthians, Magnus e São José (SP); Minas e Intelli (MG).

O representante do Blumenau Futsal, Alexandre Jahn, falou sobre o evento e a importância do diálogo entre os clubes. “As reuniões para alinhamento da competição são muito importantes nesse período pré-competição. É neste momento que avaliamos os lados positivos e negativos, podendo traçar ajustes para a sequência. A reunião da Liga Nacional foi muito positiva, com os clubes debatendo os melhores rumos para o futsal brasileiro”, afirmou.

Segundo o supervisor Lavoisier Freire, do Carlos Barbosa - maior vencedor da história da LNF -, a evolução do campeonato é algo significativo. “Aqui em São Paulo já pudemos debater algumas questões para a LNF 2019 e, também, avaliar a realização da competição dessa temporada, que a cada ano vem melhorando. Importante saber que a Liga é um dos franqueados e momentos como esses são para tomarmos decisões em prol das melhorias como um todo”, destacou o ex-goleiro.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg