Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Quem serão os finalistas da Copa Pomerode?

Quatro equipes, duas vagas e inúmeras emoções. Assim promete ser o domingo, dia 06 de maio, quando serão conhecidos os times que farão a final da Copa Pomerode de Futebol Adulto Masculino - Taça Sicoob MaxiCrédito. A rodada de volta das semifinais será disputada em lados opostos da cidade, a partir das 14h45min

c8c27bc5fb4d98ea5a00a71794a0a55e.jpg Foto: Arquivo/JP

Quatro equipes, duas vagas e inúmeras emoções. Assim promete ser o domingo, dia 06 de maio, quando serão conhecidos os times que farão a final da Copa Pomerode de Futebol Adulto Masculino - Taça Sicoob MaxiCrédito. A rodada de volta das semifinais será disputada em lados opostos da cidade, a partir das 14h45min.

Na localidade de Testo Central, no Estádio Hermann Koch, o Vera Cruz, derrotado na partida de ida, recebe o Caramuru, que passa com um empate no tempo normal. Já os donos da casa precisam vencer para forçar a prorrogação, onde terão a vantagem do resultado igual.
 

Para Adriano Burigo, auxiliar técnico cruzmaltino, o resultado de domingo passado não refletiu o que foi o jogo. “O primeiro tempo foi equilibrado, tivemos mais posse de bola e uma chance clara de abrir o placar com o Secco. Eles jogavam muito com bolas cruzadas na área e, no fim do primeiro tempo, conseguiram fazer o gol, em cobrança de escanteio. Na segunda etapa, foi quase ataque contra defesa, colocamos três bolas na trave e eles ainda tiraram uma praticamente debaixo da trave. No entanto, acabamos tomando mais um gol de cabeça, o que nos dificultou mais ainda. Para este jogo de volta, vamos ter o retorno de jogadores que vão nos ajudar bastante e acredito que, no nosso campo maior, e com o time completo, temos condições de reverter o placar”.

No outro confronto, o Água Verde vai receber, no Estádio Leopoldo Krueger, em Testo Alto, o Floresta, também com a vantagem do empate. Ao time do Centro, resta vencer duas vezes (tempo normal e prorrogação), para carimbar passagem às finais.

“Não fizemos uma boa partida na semana passada, a equipe não foi equilibrada nos setores, atacou bem, criou chances, fez os gols, porém, deixou muitos espaços lá atrás. Sem tirar os méritos da equipe do Água Verde, que é muito organizada, equilibrada, com ótimas opções de banco, além de ter tido jogadores em tarde muito inspirada”, destacou o diretor de futebol do Floresta, Ivo Brehmer.

Ele acrescenta que, para a próxima partida, é preciso buscar esse equilíbrio. “Temos que ser uma equipe organizada, para daí sim, sermos aguerridos e termos atitude, em busca dessa vaga. Certamente, serão minutos de grande tensão, numa tarde imperdível”, conclui.

Números

A artilharia da competição conta com um novo nome: Kleyffer (Floresta), que, ao lado de Anderson (Água Verde), tem seis gols marcados. O ataque mais positivo também pertence ao time verde do Centro, com 16 gols. Já a defesa menos vazada é a do Vera Cruz, superada em apenas quatro oportunidades. E a equipe mais disciplinada, novamente, é o Floresta, com 15 cartões amarelos e dois vermelhos, recebidos em oito jogos.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Arquivo/JP
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg