Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Projeto da Polícia Civil para mulheres violentadas é lançado na quinta-feira

Nesta primeira etapa, o projeto será implantado na cidade de Itajaí e já está em processo de implementação em Balneário Camboriú e Joinville

a0204e7a5ca41b6b825da8c820170f09.jpg Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCami) de Itajaí, realizou na quinta-feira, dia 01, a apresentação do projeto “Polícia Civil por Elas”.

O objetivo é promover acolhimento e autonomia para mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio de atendimento especializado, que beneficiará, a princípio, 15 mulheres, em encontros três vezes por semana. Essa iniciativa irá convidar profissionais da Rede de Serviços de Atendimento a Mulheres em Situação de Violência (Creas, Cras, Saúde, ONG’s, Defensoria Pública, Poder Judiciário, UFSC, entre outras) para realizar esclarecimentos sobre as demandas levantadas pelo grupo. A parceria busca resgatar o autoconhecimento e contribuir para a sua autonomia e seus direitos, estimulando a mulher a pensar nos desafios contemporâneos e seu bem estar.

Assim, o grupo de mulheres, por meio das trocas de experiências, possibilitará a reflexão sobre a questão da violência, promovendo o acolhimento e contribuindo para a reconstrução de seus projetos de vida. Em primeiro momento, o projeto será implantado na cidade de Itajaí e já está em processo de implementação na cidade de Balneário Camboriú e Joinville.

 



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg