Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Projeto da Banda Die Originalen Rega Bläser é beneficiado pela Lei Rouanet

Legislação incentiva projetos que estimulem a cultura e o aprendizado e, doações feitas para projetos aprovados por ela, podem ser descontadas do Imposto de Renda.

6c423d0abc86c104c3b3eb44161b6321.jpg Foto: Daniel Zimmermann

A Banda Municipal “Die Originalen Rega Bläser” teve um projeto cultural e educativo aprovado pelo Ministério da Cultura em novembro de 2017, podendo ser beneficiado através da Lei Rouanet, de incentivo à cultura. O projeto ‘Concertos Didáticos’ da Banda Municipal está, hoje, inteiramente apto a receber recursos que podem ser deduzidos do Imposto de Renda. 

O dinheiro doado para o projeto entra na relação de deduções do ano anterior e o valor será descontado do Imposto a ser pago. O projeto da banda pomerodense consiste em promover concertos em todas as escolas de Pomerode, sendo uma forma de levar música de verdade para as crianças, e nelas, despertar o interesse pelos instrumentos, estimulando o desenvolvimento cognitivo das crianças, independentemente da carreira que seguirem na vida.

“Além disso, a Banda Municipal faz um trabalho de preservação cultural, com repertório principalmente de músicas alemãs para bandas de sopros. Naturalmente, há diversas despesas, e o projeto busca viabilizar tudo isso. Além disso, a participação neste tipo de projeto é muito útil para Pomerode. Ao apoiar uma entidade local, o recurso acaba retornando para a economia da cidade. Seja em serviços contratados pela banda ou mesmo em remuneração dos músicos, o dinheiro fica aqui e movimenta a economia da cidade, virando salários e impostos locais, ao invés de ir para Brasília”, ressalta a presidente da banda, Aline Pein.

Para contribuir, basta fazer uma doação no Banco do Brasil, Agência 2474-0, Conta Captação 24970-X, e será feito um Recibo de Mecenato, que será incluído na declaração de Imposto de Renda do ano seguinte como uma despesa inteiramente dedutível. “Especialmente entre profissionais que recebem salários mais altos e estão fora da faixa de isenção do imposto, são valores expressivos, que fariam toda a diferença para banda e para a cultura de Pomerode”, destaca Aline. 

De acordo com a Lei Rouanet (Lei nº8.313/91), pessoas físicas e jurídicas podem doar parte do seu Imposto de Renda para projetos aprovados pelo Ministério da Cultura. As pessoas físicas podem doar até 6% do seu imposto, descontando esse valor na declaração do IR. As empresas enquadradas no regime de Lucro Real, o percentual máximo de doação é de 4% do Imposto de Renda. Desta forma, os contribuintes apoiam a cultura, mantém o dinheiro na cidade e não gastam nada.

“Pedimos a todos aqueles que, normalmente, têm valores a pagar de imposto de renda, que se sensibilizem e contribuam. É um pouquinho a mais de trabalho, mas fará muita diferença para a Banda Municipal. E, como mencionamos, a economia de Pomerode também é beneficiada. Quem tiver dúvidas ou quiser mais explicações, teremos muito prazer em orientar, deixo aqui meu contato: 99607-7738. A Banda Municipal ‘Die Originalen Rega Bläser’ agradece desde já”, finaliza.

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Daniel Zimmermann
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg