Jornal de Pomerode


Programa Protetor Ambiental

Na segunda-feira, 12 de junho, foi realizada, na Câmara de Vereadores, a Aula Inaugural do Programa Protetor Ambiental de Pomerode.Legislativo, Executivo e Ministério Público participaram da Aula Inaugural do programa, com a participação da Polícia Militar e Ambiental.

d724fbe14c356480282eb173c7379a7f.jpeg Foto: Divulgação

Na segunda-feira, 12 de junho, foi realizada, na Câmara de Vereadores, a Aula Inaugural do Programa Protetor Ambiental de Pomerode. Participaram o presidente da Câmara, Rafael Pfuetzenreiter, os vereadores Aldino Oldenburg, Jean Nicoletto e Deoclides Correa, a vice-prefeita, Gladys Sievert, a secretária de Educação, Neuzi Schotten, a promotora de Justiça da Comarca de Pomerode, Dra. Rejane Gularte Queiroz Beilner, o tenente da Polícia Militar, Fábio Verdasca de Luca, e o 1º tenente comandante do 2º Pelotão da 2ª Companhia do 1º BPMA em Blumenau, Paulo Roland Ern, além de alunos do Programa e familiares.   

O Coordenador do Projeto, cabo da PM Luiz Antônio Batista, conduziu a solenidade e explicou sobre a importância da atividade. “A Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina desenvolve em todo o Estado este programa, voltado ao público adolescente. Tem por finalidade aproximar a Polícia Militar Ambiental das novas gerações, fomentando a prevenção de ilícitos ambientais. Os protetores ambientais são adolescentes treinados e disciplinados, que auxiliam a Polícia Militar Ambiental em suas atividades de educação ambiental”, explicou. 

O presidente da Câmara lembrou-se de ter participado do Proerd e enfatizou o quanto foi importante para a sua vida. Enalteceu a importância deste tipo de projeto para os jovens, para que aproveitem o que lhes é oferecido, para formação da cidadania e futuro melhor.  

Na sequência, a vice-prefeita Gladys colocou o quanto importante é melhorar a comunidade com projetos como este. “É uma missão de cidadania participar desta ação”, enalteceu. 

O 1º tenente Comandante Paulo Roland Ern frisou que este é o 22º Programa realizado em Blumenau. “Já temos programas em diversas cidades. Você só muda a sociedade pela educação dos jovens”, pontuou. 

Para finalizar a noite, a Dra. Rejane Gularte Queiroz Beilner falou sobre a importância dos cuidados com o meio ambiente e com o desenvolvimento sustentável, além da educação ambiental. “É nossa responsabilidade para que se tenha uma fauna e flora sustentável, para que se aproveite a natureza. Para que, no futuro, a intervenção do homem não seja de forma negativa no meio ambiente. Precisamos cuidar bem da nossa natureza para que ela cuide bem de nós”, frisou.

Blumenau está na sua 22ª edição. Já existem programas em diversas cidades e a ideia é acolher toda a área de abrangência do 10º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina que possui 16 municípios de jurisdição, incluindo Pomerode.  As disciplinas ministradas no Protetor Ambiental são: um breve histórico da Polícia Militar, a conceituação de biodiversidade, flora, fauna, bem como os problemas trazidos pela caça e criação em cativeiro. Estudam, ainda, a poluição, o lixo, a agricultura, o solo e a pesca. Quanto à legislação ambiental, analisam a Lei Federal de Crimes Ambientais (Lei n° 9.605/98). Aprendem como evitar um dano ambiental e a importância dos seres vivos, através de teatro, contos e poesias. Por fim, têm palestras sobre drogas e sobre o trânsito. Além das disciplinas teóricas, os Protetores Ambientais fazem visitas e viagens de estudo, caminhadas ecológicas, limpeza de mananciais e atividades de cunho social, bem como a utilização de atividades que trabalham com o lado lúdico da criança e do adolescente – teatro, música, poesia.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 2 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • b24e1f3813003e2cb3b72b7c37281d09.jpg