Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Primeiro desenho animado brasileiro em Libras é criado em Itajaí

O projeto conta com a ajuda de três professores e uma intérprete de Libras da Prefeitura. criação do desenho animado apresenta um produto educativo, facilita o convívio entre as crianças, promovendo a consciência e a inclusão infantil de forma divertida e animada

78b4e7d086dd560392b0ef25784e360b.jpg Foto: Divulgação

Min e as mãozinhas é um desenho animado que ensina Libras, a Língua Brasileira de Sinais. A ideia surgiu em Itajaí com o objetivo de entreter especialmente crianças surdas, normalmente sem acesso ao cinema, além de também ensinar Libras para ouvintes e promover a inclusão. O trabalho contou com a ajuda de Cristiane Victorino e Gustavo Horst, professores no Centro Municipal de Educação Alternativa de Itajaí (Cemespi), da Prefeitura de Itajaí.

A criação do desenho animado apresenta um produto educativo, facilita o convívio entre as crianças. Depois de uma tentativa sem sucesso de se comunicar com uma jovem surda em uma festa, o diretor de animação Paulo Henrique dos Santos, de 27 anos, decidiu criar um desenho animado para ensinar a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O projeto do desenho prevê 13 episódios, sendo que o episódio piloto já foi produzido. O primeiro contato do público com este trabalho está previsto para o segundo semestre deste ano, quando a estreia será feita em uma sala de cinema na região.

Após a estreia, a ideia é disponibilizar o desenho em um canal do YouTube. A equipe responsável está em busca de parceiros para que os próximos 12 episódios possam ser produzidos. Morador de Itajaí, Paulo Henrique dos Santos é o ilustrador e criador do desenho. Paulo contou com a ajuda de Cristiane e Gustavo, professores e instrutores de Libras no Centro Municipal de Educação Alternativa de Itajaí (Cemespi). Os professores contribuíram para que todos os sinais apresentados no desenho fossem usados de forma correta.

A ideia de criar o desenho animado totalmente em Libras surgiu de duas experiências reais de Paulo Henrique. A personagem principal do desenho é a Min, uma menina que vive em um mundo em que os outros personagens falam as mais variadas línguas.

“O entretenimento é fundamental para o desenvolvimento da criança e as crianças surdas não podem ser privadas de algo tão importante. O ensino de Libras também é necessário à população. Desde pequenos precisamos ter contato com diferentes realidades para entender como podemos ajudar na inclusão. Estamos trabalhando para ajudar com isso”, afirma.

Sobre a Libras 

Libras é a Lingua Brasileira de Sinais utilizada por toda a comunidade surda. A Língua Brasileira de Sinais é uma língua oficial desde 24 de abril de 2002 pela lei 10.436 que esse ano completou 16 anos. 

 

*Com informações da Assessoria de Imprensa de Itajaí



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg