Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Pomerode ultrapassa os 100% de cobertura vacinal

Última semana apresentou crescimento no número de vacinas aplicadas

a7ae037d3af56d3ebc094d6150099e6a.jpg Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite terminou nesta sexta-feira, 31 de agosto, em todo o Brasil, mas há locais que, mesmo com quase um mês de campanha, não atingiram a meta estipulada pelo Ministério da Saúde (MS), de 95% das crianças entre um ano e menos de cinco vacinadas.
Por este motivo, diversos municípios ao redor do país estão realizando vacinação neste sábado, dia 01 de setembro, com as unidades de saúde abertas para este fim. Em todo o Brasil, cerca de 3,3 milhões de crianças ainda não foram imunizadas contra as doenças. 

Até terça-feira, dia 28, segundo o MS, 70% das crianças brasileiras haviam sido vacinadas, o que representa 15,7 milhões de doses aplicadas. 

Em Pomerode, a meta foi atingida, alcançando 103,01% de cobertura vacinal, num total de 1.435 crianças imunizadas contra as doenças. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a última semana de campanha foi de intenso trabalho para que a meta fosse cumprida. 

“A última semana foi de muito trabalho para toda a equipe. Todos estavam envolvidos em fazer a busca daquelas crianças que ainda não haviam sido imunizadas. Os agentes comunitários também tiveram importante papel, fazendo as visitas nessas famílias”, relatou a gerente da Vigilância Epidemiológica, Jaqueline Gustmann.

A principal dificuldade apontada foi que muitos pais não se sensibilizam e não trazem os filhos para receberem a imunização, mesmo com toda a divulgação da campanha e da importância da imunização, obrigando, assim, as equipes a realizarem buscas ativas às crianças, por meio de telefonemas e visitas dos agentes comunitários.

Mesmo com as dificuldades, para a Epidemiologia, o resultado foi positivo. “Apesar de todo trabalho que as unidades de saúde tiveram em vacinar e fazer as buscas ativas dessas crianças não vacinadas, o resultado está aí, mais de 100% de cobertura vacinal. Por isso, quero agradecer pelo empenho de todas as Unidades de Saúde do município, pelo brilhante trabalho que realizaram, fazendo com que superássemos nossas expectativas. No geral, como os números mostram, foi ótima. A procura que foi registrada no dia ‘D’ foi muito boa, porém, a busca ativa das crianças não vacinadas foi vital para atingirmos nossa meta”, ressaltou a gerente.

A próxima campanha de vacinação a ser realizada no município é a de Intensificação de Vacinação contra a Febre Amarela no estado de Santa Catarina, de 01 a 30 de setembro, com foco na população rural do município.

Outros dados

O Amapá é o único estado que já superou a meta de vacinação, atingindo 99,81% para pólio e 99,43% para sarampo. As capitais Macapá e Porto Velho também superaram a meta, atingindo 100,3% para pólio e 99,8% para sarampo e 98,3% para pólio e 98,3% para sarampo, respectivamente.

Entre os estados com menor cobertura vacinal estão Rio de Janeiro, com 51,2% para pólio e 52,4% para sarampo, e Distrito Federal, que tem 54% para pólio e 53,7% para sarampo. Já entre as capitais, as piores taxas de imunização estão em Boa Vista, com 38,4% para pólio e 38,3% para sarampo, e Salvador, com 38,8% pólio e 38,4% sarampo.

Este ano, a vacinação foi feita de forma indiscriminada, o que significa que mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo, deveriam ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg