Jornal de Pomerode


Pela primeira vez cérebro humano é ligado à internet

Cientistas da Universidade de Wits, em Joanesburgo, África do Sul, romperam barreiras ao conectar um cérebro humano à internet pela primeira vez na História. O projeto foi nomeado de Brainternet. O processo é complexo, porém a ação é simples na execução.

77192dc45fce55cabc0a1a4575d6a8c6.jpg Foto: Divulgação

Cientistas da Universidade de Wits, em Joanesburgo, África do Sul, romperam barreiras ao conectar um cérebro humano à internet pela primeira vez na História. O projeto foi nomeado de Brainternet. 

O processo é complexo, porém a ação é simples na execução. Foram coletados sinais de eletroencefalograma por meio de um dispositivo acoplado à cabeça do usuário. Os sinais são enviados para um computador e transmitidos, em tempo real, para uma interface de programação que pode ser conferida por meio de um site na web em qualquer lugar do mundo. 

“A finalidade dos testes, é que no futuro o procedimento possa ser utilizado para fornecer dados para algoritmos de aprendizagem de máquina, ajudando a desenvolver sistemas de inteligência artificial. No futuro, poderá haver informação transferida em ambas as direções, tanto das entradas quanto das saídas do cérebro”, explicou o professor da Faculdade de Engenharia Elétrica e da Informação de Wits, Adam Pantatowitz.

O professor ainda completou que “a Brainternet é uma nova fronteira nos sistemas de interface cérebro-computador. Há uma ausência de dados de fácil compreensão sobre como o cérebro humano funciona e processa informação. A Brainternet busca simplificar a compreensão que uma pessoa tem do seu próprio cérebro e do cérebro dos outros”. 

No futuro, essa ferramenta pode trazer maiores informações sobre como o cérebro funciona. “Brainternet pode ser melhorado ainda mais para classificar informações através de um aplicativo de smartphone que irá fornecer dados para um algoritmo de aprendizagem em máquina”, conclui.

 



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg