Jornal de Pomerode
Versão impressa


int(63635)

Para ajudar ao próximo

Intercâmbio voluntário é o próximo desafio de um jovem pomerodense, que ficará cerca de 40 dias no Peru. Entre seus principais objetivos para o intercâmbio, o estudante cita a oportunidade de desenvolver o pensamento crítico, inteligência emocional e a superação.

80c3059d22c270ac287330fef3d0b1f4.jpg Foto: Divulgação-Felipe também se destacou por participar do Programa Jovem Senador

O pomerodense Felipe Klowaski, de 18 anos, ex-estudante da Escola de Educação Básica José Bonifácio, irá participar de um intercâmbio voluntário, no Peru, durante os dias 21 de dezembro e 30 de janeiro, com a Aiesec in Pacifico, uma equipe selecionada pela organização internacional, reconhecida pela Unesco, que é a maior do mundo gerida por jovens. 

Foram diversas etapas seletivas e eliminatórias, de análise de currículo, participação em projetos e voluntariados à entrevistas, organizadas pelo programa Ixtepô Pelo Mundo, uma iniciativa da Aiesec Florianópolis. “A ideia de participar surgiu quando percebi que seria uma oportunidade de conciliar minha vontade de conhecer o mundo, outros povos e culturas, com meu desejo de empreender, usar meu conhecimento para alguma coisa e praticar o que acredito, com o propósito de fazer alguma diferença no mundo e na vida de outras pessoas. É o que traz um sentido para minha existência na sociedade”, afirma o universitário. 

Entre seus principais objetivos para o intercâmbio, o estudante cita a oportunidade de desenvolver o pensamento crítico, inteligência emocional e a superação de dificuldades em crianças das comunidades de Lima, capital do Peru. “O principal objetivo do grupo é promover o desenvolvimento da Colaboração, Empoderamento e Liderança, através do Projeto ‘Raise Your Voices’. O grupo será formado por voluntários globais de diversos países e Equipe da Aiesec in Pacífico, do Peru. E a expectativa é de poder viver junto com outras pessoas, colher os resultados que virão e perceber a mudança que irá trazer na vida de milhares de pessoas em outro país. Aliás, é o que me traz um sentido para continuar participando de outros projetos”, relata Klowaski.

A preparação resulta de diversas experiências acumuladas desde seus 15 anos, com diversas ações de voluntárias das quais já participou. “Tudo que trabalhei, aprendi e pratiquei desde meu Ensino Médio na escola E.E..B José Bonifácio, quando universitário de Ciências Sociais na Furb, e até nas conversas com amigos intercambistas na praça de Pomerode, contribuíram para este grande resultado. Estou muito realizado e sou muito grato aos amigos, professores e minha família, em especial, meus pais Fredemar e Izabel Klowaski, pelo enorme apoio de sempre”, enaltece.

E se engana quem pensa que o estudante pensa em parar por aí, pois Klowaski já planeja, com os amigos, no próximo intercâmbio de voluntariado global, assim como em outros programas e palestras, incluindo o Jovem Senador, do Senado Federal, Parlamento Jovem da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), na Escola do Legislativo e, também, um projeto chamado ComunicaComundo, em parceria com o amigo Iago Nascimento. “O propósito é o mesmo, continuar todo esse movimento, dinamismo e energia que tenho com meus 18 anos de idade para fazer alguma coisa significativa para a sociedade e trocar o ‘jeitinho’, pelo talento brasileiro”, conta.

 



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg