Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Orações em prol de quem sempre nos socorre

Culto em homenagem ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Pomerode é realizado

2d6877a7c6df5d04f3f843ad0b42de72.jpg Foto: Leonardo Borchardt/JP

Ser a pessoa que oferece socorro e tranquilidade em momentos de emergência é uma tarefa que exige preparo físico, técnico e psicológico, pois lida com situações extremas a todo o momento. Não parece nem um pouco fácil, não é mesmo? Por este motivo, agradecer e homenagear quem executa esse serviço em prol da sociedade é necessário, e é para isso que foi instituído o Dia Nacional do Bombeiro, comemorado em 02 de julho. 

Em Pomerode, existe um grupo que executa este trabalho de forma voluntária: o Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade, que já possui 23 anos de história. A corporação de Pomerode foi, inclusive, homenageada na quinta-feira, 06 de julho, na Paróquia Evangélica de Confissão Luterana Apóstolo João, no Centro, em um culto ecumêmico, iniciado às 20h.

A cerimônia contou com a presença dos voluntários que fazem parte da corporação, aspirantes, mirins, diretoria e familiares dos bombeiros, lotando a igreja. O culto foi uma oportunidade de homenagear a corporação pelo serviço que ela presta à comunidade pomerodense. Ao final do culto, foi servido um café em comemoração à data do Dia Nacional do Bombeiro.

E a celebração continua no Corpo de Bombeiros, já que nesta terça-feira, 10 de julho, a corporação completou 23 anos de existência em Pomerode, executando um serviço de excelência em todas as ocorrências que atende.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros de Pomerode, Carlos Hein, o culto é uma forma, também, de estar perto da comunidade. “É importante termos esses momentos de aproximação com a nossa comunidade, fazer uma prestação de contas, não só financeira, mas de todos os serviços e ações que realizamos”, afirma.

Ele também destaca que poder fazer parte de um grupo tão qualificado é uma honra. “O sentimento é de gratidão e responsabilidade, pois lidamos diariamente com vidas humanas, que precisam de auxílio em determinados momentos e me sinto muito grato, mas também, com a noção de reponsabilidade em relação à nossa importância”, ressalta.

História do Dia Nacional do Bombeiro 

A instituição do dia 02 de julho como Dia do Nacional do Bombeiro, no Brasil, foi determinada para homenagear a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, que foi inaugurado em 02 de julho de 1856, no Rio de Janeiro. A corporação tinha como comandante o major João Batista de Morais Antas.

A data foi instituída, oficialmente, como Dia Nacional do Bombeiro em 02 de abril de 1954, através da Lei nº 35.309, que também definiu a realização da Semana de Prevenção Contra Incêndios todos os anos. 

Antigamente, antes do Imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e, assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Leonardo Borchardt/JP Leonardo Borchardt/JP
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg