Jornal de Pomerode


O sucesso do “piratinha”

Instagram do Shih-tzu Duke começa a ficar conhecido na cidade, trazendo carinho para o cachorro que já passou por várias dificuldades, com menos de um ano.

738410974d3e46c17695cc7cb1277e39.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP-Duke é tratado como um filho pela dona, Nycole.

A prática de criar um perfil no Instagram para seu bicho de estimação tem tido cada vez mais adeptos em Pomerode. A estrela da vez é o Duke, um cachorro da raça Shih-tzu, de apenas oito meses, que vive com apenas o olho direito, mas nem por isso perde a agitação típica de um filhote. 

Ele nasceu no mês de fevereiro e a sua dona, Nycole Thabata Krueger, de 20 anos, o comprou no mês seguinte. Ela conta que sempre ouviu elogios sobre o quanto Duke era bonito e fazia fotos dele quase sempre. Como as sugestões para que criasse um perfil do seu animal de estimação do Instagram foram muitas, ela decidiu aceitá-las e criou a página dele. 

“Usei outro perfil para me inspirar na hora de fazer a descrição de quem era o Duke, mas as fotos eu sempre busquei fazer personalizadas, de acordo com o jeito dele, nunca tentei imitar nenhum outro e as pessoas começaram a gostar”, relata Nycole. 

Mas, foi depois de um problema de saúde que o perfil de Duke começou a ficar mais conhecido. Tudo começou em meados de maio, com uma pequena irritação nos olhos. A família, então, o levou para uma clínica veterinária em Blumenau. Lá, foi indicado que ele fosse tratado utilizando um colírio antibiótico por sete dias. Depois desta uma semana, retornaram à clínica e a nova orientação era utilizar um colírio anti-inflamatório, três vezes ao dia. 

“Infelizmente, um dia após começarmos esse segunda etapa, o olho direito dele piorou muito. Na hora o levamos à outra clínica e ele recebeu orientações de um novo tratamento, que consistia em aplicar colírio de uma em uma hora. Retornamos no dia seguinte para outra avaliação, quando recebemos a triste notícia de que Duke perdeu a visão neste olho e precisaria retirá-lo”, revela a dona. 

Nycole confessa que não sabe a causa da piora e conta que a decisão pela retirada do olho foi o melhor para Duke naquele momento, já que ele ainda era um filhote, portanto, se adaptaria melhor à falta dele. Além disso, sem o olho que já não tinha mais a visão, ele sentiria menos dor e teria uma vida melhor. 

E não deu outra. Duke hoje tem uma rotina normal e a dona brinca que até parece que ele ficou mais animado. Depois da cirurgia, também, o perfil no Instagram começou a fazer mais sucesso. “Quando recebemos a notícia de que ele perdeu a visão, foi um pouco chocante, chegamos a chorar muito, porque pensávamos que seria ruim para ele. Mas hoje passou, porque vimos que ele continua o mesmo Duke de sempre, feliz e animado, isso já nos deixa muito tranquilos”, explica. 

“Duke tem uma vida absolutamente normal e gosta muito de ter contato com pessoas, com outros cães e de brincar. Algumas vezes, quando escolhe brincar com algum brinquedo maior, ele acaba esbarrando em algumas coisas por não conseguir ver muito à sua frente, mas fora isso, sua vida não muda em absolutamente nada”, segundo Nycole. A dona conta, ainda, que usam sempre uma pomada no outro olho para prevenir que aconteça a mesma coisa. 

A família participou da Cãominhada e contam, entre risos, que foi até difícil conter a energia de Duke, já que esta foi apenas a segunda vez que saíram com ele utilizando a coleira. “Ele também estava mais preocupado em tentar brincar com os outros cachorros do que em caminhar, mas foi tudo muito bom”, comentam.

Hoje, o perfil de Duke contabiliza 204 seguidores, em pouco mais de cinco meses em que está no ar. Ele pode ser encontrado através do usuário Dukee_shihtzu.

Acesse e confira!



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 3 fotos









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg