Jornal de Pomerode

Edição Impressa



O futuro já chegou

CE Nossa Senhora de Fátima inaugura sala voltada à tecnologia, para que os alunos tenham contato e aprendam mais com o auxílio da ferramenta

a600f4aeb737b5166574b47dbc70a99e.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Um espaço para estimular o conhecimento, de uma maneira diferenciada. Esta é a proposta da Innovation Room, a nova sala de tecnologia do Centro Educacional Nossa Senhora de Fátima. O novo espaço foi apresentado aos pais dos alunos da instituição no sábado, 29 de setembro, durante da Feira do Conhecimento da escola.

A Innovation Room conta com modernos computadores, aparelhos para robótica, televisão e outros itens ligados à tecnologia, que visam incentivar o aprendizado de uma maneira lúdica.

O diretor do CE Nossa Senhora de Fátima, Nivaldo Nicolodelli, explica que o processo de criação da sala teve mais de um ano de duração. “A ideia surgiu a partir de uma reflexão de como a educação pode ser diferente e como podemos criar ambientes que estimulem, muito mais, o desenvolvimento da criatividade, da imaginação e da inspiração do conhecimento”, afirma o diretor.

O primeiro desafio foi definir como seria concretizado o espaço, para que fosse criado um ambiente que pudesse atender a esta expectativa. Houve conversas com empresas e apoiadores, e uma pesquisa foi feita, para que se chegasse a um denominador comum sobre como seria o espaço. Uma vez que isso foi definido, era o momento de escolher onde seria feita a sala.

“Era inviável construir um novo espaço neste momento e, então, começou todo um trabalho, e decidimos que iríamos adequar um espaço já existente. Aqui era uma sala de música e parte dela era sala dos professores, mas desmontamos tudo e repensamos este lugar. Hoje, temos este espaço extremamente inspirador, onde o objetivo é atender a uma inspiração e um trabalho que não foca em uma ação específica, oferecendo várias opções”, conta.

Em parceria com empresas de renome na Tecnologia Educacional, a  Innovation Room vai de encontro a proposta de Educação 4.0, da mesma forma que as empresas se encaminham para a Indústria 4.0.

A primeira expectativa, segundo Nicolodelli, é criar um ambiente muito lúdico e inspirador, que faça com que os alunos tenham vontade de estar na escola. Já para os professores, de acordo com o diretor da instituição, a sala representa uma possibilidade de ele poder desenvolver várias situações, sem necessariamente seguir uma única linha de trabalho. 

“É um ambiente multidisciplinar, multitarefa, onde é possível usufruir de várias tecnologias, para alcançar o desenvolvimento do conhecimento junto com as crianças. O professor, hoje, pode entender que ele não precisa mais ter como prioridade a informação, mas sim, saber como essa informação será trabalhada pelas crianças, e daí entra um outro papel dele, de ser um mediador do conhecimento, e é isso que esperamos alcançar aqui. O professor irá interagir com o grupo de forma a despertar, neles, ainda mais o conhecimento”, ressalta o diretor.

A sala possui atividades que podem ser desenvolvidas com crianças e jovens de quatro até os 14 anos, mas com atividades específicas destinadas a uma determinada faixa etária. 

Inicialmente, será implantado o programa de incentivo ao aprofundamento do desenvolvimento matemático, através do Programa Pense Matemática, ainda no decorrer de outubro, e, gradativamente, serão implementadas atividades de Coding, Robótica, Criação de Jogos, Criação de Brinquedos, Lógica de Programação, entre outras.

Por fim, o diretor da instituição ressalta que a ideia é preparar os alunos, de maneira básica, a já saberem lidar com a tecnologia no futuro, além de oferecer uma ferramenta para o ensino dos conteúdos. “A vertente deste ambiente tem o pensamento maker, mas voltado à área tecnológica. Eu acredito que, em Pomerode, não tenha uma sala como esta, e  que até algumas cidades vizinhas não tenham. É uma aposta grande no futuro, no sentido de a escola buscá-lo, tentando trazê-lo para o presente, trazer capacidades de desenvolver competências, para que a criança trabalhe com estas tecnologias, que o aluno esteja um pouco preparado para lidar com o que pode encontrar nos próximos anos”, finaliza Nicolodelli.

 



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP Raphael Carrasco/JP
Localização:

Centro Educacional Nossa Senhora de Fátima, Pomerode

Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg