Jornal de Pomerode

Edição Impressa



O céu é o limite?

Para os pilotos que estiveram por aqui, definitivamente, não. O céu de Pomerode, contrastando com o seu azul característico, teve adicionadas muito mais cores no domingo. Isso porque, na oportunidade, foi disputada a 1ª etapa do Campeonato Catarinense de Parapente.

24d3b6195fb9c4fc04ba11f715a06319.jpeg Foto: Divulgação

Para os pilotos que estiveram por aqui, definitivamente, não. O céu de Pomerode, contrastando com o seu azul característico, teve adicionadas muito mais cores no domingo. Isso porque, na oportunidade, foi disputada a 1ª etapa do Campeonato Catarinense de Parapente, realizada pelo Clube Pomerano de Parapente (CPP). Mesmo com a prova cancelada por segurança no sábado, dia 27, pela falta de condição climática, o dia seguinte proporcionou grandes disputas em pleno ar. Segundo os organizadores, a previsão se confirmou, com dia nublado no sábado, e dia parcialmente ensolarado no domingo.

“Para voar, precisamos de ascensão térmica, ou seja, deve existir atividade térmica do ar com as correntes de ar quente que promovem a sustentação e o planeio dos nossos equipamentos”, relata Emerson Costa, vice-presidente do CPP. Mesmo com um dia a menos, a prova teve muito brilho e alto nível técnico.

O início da janela de decolagens se deu às 13h15min, no Morro Azul (Timbó). A partir deste horário, vários pilotos se posicionaram no ar com altitude de segurança para o início da prova, enquanto aguardavam o start (largada), que aconteceu às 14h15min. Ao todo, 52 pilotos buscavam realizar o percurso definido pela comissão técnica, com um voo até o pilão sobre a empresa Malwee (Testo Rega), em seguida, com passagem por outro pilão sobre a pedreira Vale do Selke e, no fim, o goal (pouso) na sede do CPP, no Ribeirão Herdt. “Ao todo, cinco pilotos realizaram o percurso total, mostrando suas habilidades, em um dia com pouca condição. Os demais, pontuaram seus resultados até o ponto que conseguiram chegar. Mas, graças a Deus, todos pousaram em segurança”, enfatiza Costa.

Além disso, na sede do clube, todos puderam ter acesso ao um completo serviço de bar e cozinha, com hambúrguer artesanal, açaí e chope. Sem contar a excelente estrutura, compreendendo transporte até a rampa de decolagem, resgate no eixo da prova, camisa do evento, equipe de resgate e salvamento e ambulância de prontidão. A próxima etapa do Campeonato Catarinense será realizada em Jaraguá do Sul, nos dias 17 e 18 de março.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

OPEN / SERIAL

1º lugar - Weyder Barros

2º lugar - Moacir Mior

3º lugar - Caio Buzzarello

SPORT

1º lugar - Nilson Batisti

2º lugar - Michel Hoffmann

3º lugar - Adilson França

START

1º lugar - Rafael Fonseca

2º lugar - Eduardo Peirão

3º lugar - Gabriel Starke

CLUBE MELHOR COLOCADO

Jaraguá Clube de Voo Livre



Galeria de fotos: 24 fotos
Créditos: Divulgação Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Bob Gonçalves / Jornal de Pomerode Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg