Jornal de Pomerode


No topo do mundo

O momento máximo de um desportista é poder figurar entre os melhores do mundo. Pois é isso que está vivenciando o “Casal Fitness”, Anderson e Aline W. Greuel. No dia 24 de junho, eles participaram do momento mais marcante de suas carreiras: o Mr. Universe Championship.

b29ebf83b3631f0cb0c1a91ecc65d940.jpg Foto: Divulgação

O momento máximo de um desportista é poder figurar entre os melhores do mundo, dentro da sua modalidade. Pois é isso que está vivenciando o “Casal Fitness”, de Pomerode, Anderson e Aline W. Greuel. No dia 24 de junho, eles participaram do momento mais marcante de suas carreiras: o Mr. Universe Championship, que foi realizado no Rio de Janeiro e contou com mais de 300 atletas, vindo de diversos países, como México, Colômbia, Austrália, Estados Unidos, Coreia do Sul, Argentina, Espanha, Paraguai, entre outros.

Na competição, Aline foi Top 3 na categoria Women Sport Model, entre 24 concorrentes. Já Anderson foi Top 4 na categoria Men Beach Model, entre cerca de 40 atletas. “É uma emoção sem tamanho, sinceramente não imaginava. Claro que nós demos 110% de nós, pois desejávamos muito um bom resultado, mas, ao mesmo tempo, sabíamos do nível altíssimo no qual estaríamos disputando. No momento do anúncio, eu não acreditava, só consegui olhar para o Anderson e os olhos encheram de lágrimas. Até as pessoas que vieram falar comigo depois, falaram que o momento mais emocionante do campeonato foi ver a minha emoção ao ser chamada entre as três finalistas. Vibrei de uma forma tão espontânea, que chegou a emocionar aos demais também”, ressalta a atleta.

Até mesmo o marido não conseguiu esconder o orgulho pela conquista de sua esposa. “Na hora, eu fui correndo abraçá-la, tremia muito e não consegui segurar a emoção. Abracei tão forte, vibrei tanto, pois sabia o quanto ela se dedicou para isso. Para mim, a vitória dela, foi a minha vitória”, destaca.

Para chegar a este patamar, o casal se dedicou nos últimos meses, afinal, foram muitas competições em um curto espaço de tempo, o que foi muito desgastante, porém, recompensador. “Confesso que, perto do fim, até pensávamos em não ir adiante, pois o corpo parecia que já não respondia mais, imunidade baixa, por estar emendando uma preparação na outra. Passamos mais de um mês com gripe e dores na garganta, mas, mesmo assim, todos os dias, estávamos lá, firmes e fortes, acordando às 04h30min para realizarmos nosso primeiro aeróbio do dia. Chegamos a reter líquido na semana anterior do campeonato, por conta das medicações, e isso chegou a dar certo desespero. Naquele momento, achamos que tínhamos colocado tudo a perder, mas continuamos fortes na luta, intensificando ainda mais os aeróbicos para sair a retenção. Nesse esporte é assim, você não pode querer viver isso apenas ‘às vezes’, precisa ser 100% todos os dias. O segredo é a constância. Quem vê o show, não imagina os sacrifícios que foram necessários para chegarmos aos aplausos”, enfatiza Aline.

Só que, como qualquer bom atleta, os limites foram feitos para serem superados. E não poderia ser diferente no caso de Anderson e Aline, que pretendem continuar nessa caminhada. O próximo desafio é Campeonato Sulamericano, entre os dias 17 e 18 de setembro, na Bolívia. Porém, esta competição tem tudo para ser adiada. “Embora quiséssemos muito, sabemos que o custo desse esporte é alto. Como já fomos em quatro eventos esse ano e os valores saem do nosso próprio bolso, chega um determinado momento em que precisamos reavaliar. Conseguimos alguns parceiros, que nos auxiliam, como a Farmácia Sandrini, Elemental Fitness, Corpo em Ação e Mendofit. Mas, mesmo sendo Campeões Brasileiros, não recebemos nenhuma ajuda da Prefeitura da nossa cidade para representá-la no esporte. Então, esse é um passo que temos que estudar”, avalia Anderson.

Mesmo com todas as dificuldades, o “Casal Fitness” integra o hall dos melhores do mundo, motivo pelo qual não faltam palavras para agradecer aqueles que sempre os apoiaram. “Nenhum de nós é tão bom, quanto nós dois juntos. Por isso, a palavra do momento é gratidão. A Deus, pois sem Ele nada disso seria possível. Ao Anderson que esteve ao meu lado em todos os momentos. Quero que ele saiba que esse troféu é ‘nosso’, pois jamais conseguiria sem ele e, com certeza, o maior prêmio é tê-lo ao meu lado todos os dias. À nossa família, amigos e a todos que nos enviaram energia positiva. E é claro, nossos parceiros que acreditam e sempre acreditaram em nós”, finaliza a Top 3 Mundial.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 3 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • b24e1f3813003e2cb3b72b7c37281d09.jpg