Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Na próxima sexta, tem “arraiá, sô”!

Festa Junina da Fundação Cultural promete ser, novamente, um sucesso de público.

4f93c87151a87665d24a8dad64d89841.JPG Foto: Divulgação

Daqui a uma semana, as bandeirinhas, chapéus de palha e roupas típicas caipiras irão tomar conta do Centro Cultural, já que será realizada a 3ª Festa Junina Municipal, no dia 22 de junho, promovida pela Fundação Cultural.

O “arraiá” terá início às 09h e segue até às 18h, sendo que este horário é reservado para os alunos das escolas do município. Os alunos que estiverem participando da Festa Junina, poderão se deliciar com um cachorro-quente na hora do lanche. Além da decoração típica caprichada, haverá brincadeiras tradicionais de festa junina, como dança do chapéu, corrida do milho e pescaria. 

A partir das 18h, ao anoitecer, a comunidade poderá participar da “folia”, já que, neste horário, a festa será aberta ao público. Quem vier participar da Festa Junina, poderá se deliciar com comidas e bebidas típicas, como quentão, pinhão e pipoca, bem como, aproveitar e se encantar com as apresentações culturais.

Uma destas atrações é a cantora baiana Xyss Bastos, que vem de Salvador, e promete reunir todos os “compadres” e “comadres” em um legítimo baile de arrasta-pé, trazendo forró pé-de-serra e universitário. O Grêmio Estudantil da Escola Estadual José Bonifácio irá apresentar o casamento caipira, que deve arrancar muitas risadas da plateia, sendo um espetáculo à parte.

Por fim, a quadrilha junina Carcará do Sertão vai apresentar um espetáculo que representa diversas manifestações populares do nordeste e, também, tradições caipiras, por meio de coreografias, músicas e figurinos exclusivos. O grupo, fundado há mais de 25 anos no Sergipe, conta com uma formação própria em Pomerode, desde o ano de 2016.

Os apaixonados por pipoca, quentão, pinhão e por festas juninas já podem preparar o traje, porque a organização promete que será um evento muito especial. A diretora executiva da Fundação Cultural, Ivone Lemke, destaca a organização da festa, que melhora a cada ano. “No primeiro ano em que a festa foi realizada, nosso objetivo era evidenciar a diversidade cultural brasileira, e foi um evento mais singelo. Mas ano passado, já tivemos mais escolas participando e a comunidade também. Por isso, esperamos mais um sucesso neste ano, com a integração dos alunos durante o dia, e à noite, será um evento muito divertido para a comunidade como um todo. É um dia de comemoração, para celebrar a diversidade cultural”, ressalta.

Então, não perca tempo, prepare o seu traje, que esta festa promete ser “boa dimais da conta, sô!”

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg