Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Museus são atrações em várias cidades de Santa Catarina

Localizados em quase todos os municípios do estado, os museus são uma excelente opção para visitação. O estado é o segundo do Brasil com a maior taxa de museus por habitantes

74d1dcea5d5385ab1df3e7725013708e.jpg Foto: Pedro Schaitel

Santa Catarina, além de ser um excelente destino turístico, com muitas praias e belezas naturais, também possui um acervo histórico admirável. Com cerca de 200 museus, integrantes de parte do roteiro turístico e responsáveis pela preservação da história, arte, tradição e cultura, o estado se destaca pela peculiaridade nos museus, que alcançam representatividade em âmbito nacional. 

O estado é o segundo do Brasil com a maior taxa de museus por habitantes. Segundo levantamento divulgado pelo portal G1, há um museu para cada 28.299 pessoas e pelo menos 105, dos 295, municípios catarinenses possuem museus. 

Entre os que mais destacam, estão: 

Museu do Carvão

Conhecido como a Mina de Visitação Octávio Fontana, o local é a única mina de carvão aberta ao público no Brasil.  Localizado no Sul do Estado, em Criciúma, o museu reabriu as portas no ano de 2013, após um período de manutenção. A equipe que trabalha no local recebe, também, visitas agendadas. 

O ponto turístico oferece uma série de atrações para os visitantes, como uma réplica de uma locomotiva de 1922, que pode ser utilizada para o passeio pelas galerias, enquanto é relatada a história do carvão e como ocorre a extração do mineral, que influenciou muito na formação e desenvolvimento de Criciúma. 


(Foto: Divulgação)

Museu do Vinho Mário Pellegrin 

Localizado no eixo cultural da cidade, que, segundo a Prefeitura de Videira, consiste na Igreja Matriz, na praça do Coreto e na Biblioteca Municipal Euclides da Cunha, o Museu do Vinho Mário Pellegrin é uma estrutura imponente e carregada de história.  Construído no ano de 1931, por padres Salvatorianos, o local já serviu para abrigar a Paróquia Salvatoriana da antiga Vila Perdizes.
Atualmente, o museu conta a história da uva e do vinho, com exposições e equipamentos usado pelos primeiros colonizadores, que fabricavam o vinho colonial. Possui também fotos e objetos expostos para o visitante realmente adentrar na história. 


(Foto: Pedro Schaitel)

Museu da Baleia 

Situado na Praia do Porto e instalado no conhecido “Barracão Manoel Rosa”, em Imbituba, o Museu da Baleia, além de preservar a história de baleeiros, também trabalha com a preservação deste animal e a conscientização de pessoas por meio de histórias de matanças de baleias. 
O local abriga mapas, ilustrações e artefatos obtidos em arquivos históricos e está aberto à visitação do público interessado, com entrada gratuita. 


(Foto: Divulgação)

Museu da Terra e da Vida 
O Museu da Terra e da Vida é um museu de história natural, um dos poucos presentes no território Nacional. Sua exposição mostra a história do planeta Terra e do universo, desde sua formação até os dias atuais, com fósseis, minerais, rochas, artefatos arqueológicos e representantes de animais atuais.
Conta com mais de 60 expositores onde pode-se observar fósseis, estruturas geológicas, minerais, dinossauros, pterossauros, dentre outros atrativos.


(Foto: Divulgação)

Visita virtual 

O Museu Histórico de Santa Catarina ganha um aplicativo que mostra uma turnê virtual por 10 obras do local, que fica na capital do Estado, Florianópolis. O programa está disponível para celulares e tablets, com opções de vários idiomas, como espanhol, inglês, francês e italiano.
O programa está disponível para sistemas Android, iOS e Windows. Para usá-lo, é preciso baixar o aplicativo izi.Travel e depois procurar o Tour Palácio Cruz e Souza.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg