Jornal de Pomerode


Município quer assumir trechos de rodovias estaduais

Trechos das duas rodovias estaduais que passam por Pomerode devem ficar sob responsabilidade do município, em breve. Isso porque, em reunião realizada na Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau (ADR) na segunda-feira, 27 de novembro, o prefeito Ércio Kriek solicitou a gestão do trecho.

9a762d44f7d2a114e497555d437109f6.jpg Foto: Divulgação

Trechos das duas rodovias estaduais que passam por Pomerode devem ficar sob responsabilidade do município, em breve. Isso porque, em reunião realizada na Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau (ADR) na segunda-feira, 27 de novembro, o prefeito Ércio Kriek sinalizou que o município vai solicitar a gestão de um trecho da rodovia SC-110, que liga Pomerode a Jaraguá do Sul, e mais um trecho da SC-421, que liga a cidade a Blumenau. 

O primeiro trecho pretendido, na SC-110, em Testo Rega, será até a rua Rodolfo Utech, antes do início da Serra. O outro, na SC-421, vai da Curva do Tiedt em diante, sentido Pomerode. Em Testo Central, também há um trecho solicitado, mas que será verificado se é compatível com as exigências para ser municipalizada. Ainda esta semana, a prefeitura pretende dar entrada na documentação para assumir os dois trechos, encaminhando-a para o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra).

Para que a concessão da responsabilidade seja efetivada, o trecho em questão deve conter, pelo menos, quatro dos seguintes itens: calçadas, iluminação pública, no mínimo quatro acessos com distância máxima de 150 metros entre eles, drenagem de águas pluviais, meio-fio, sinalização urbana e, no mínimo, dez instalações comerciais. Além disso, os prefeitos também precisam identificar a localização da rodovia, os principais pontos de referência, extensão, as leis municipais e um mapa atualizado do perímetro urbano.

O prefeito de Pomerode, Ércio Kriek, disse que a municipalização era um desejo de todos as cidades da Associação dos Municípios do Vale do Itajaí desde o começo do ano e que trará vantagens para a infraestrutura da cidade. “É um processo que exige cautela, por ocasionar mais custos ao município, mas mesmo assim, há as vantagens de que será mais rápido ter soluções e os munícipes terão que se preocupar em respeitar o Plano Diretor da cidade, facilitando a compreensão”, ressalta.

Para a manutenção destes trechos que deverão ser municipalizados, a prefeitura deverá receber os recursos do Fundo de Apoio aos Municípios, o Fundam, também garantidos pelo Governo do Estado. 

Ele conta, ainda, que haviam negociações com o governador do Estado, Raimundo Colombo, desde o final do ano de 2016, para conseguir a revitalização de todo o trecho pomerodense da SC-110. Revitalização que foi garantida por Colombo na cerimônia de inauguração da mesma obra no trecho de Jaraguá do Sul.

A prefeitura pretende lançar o edital para a revitalização da rodovia em janeiro de 2018 e, se tudo correr dentro das normas, a obra deve começar entre os meses de março e abril do ano que vem.

 



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg