Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Movimento “Compre de SC” ganha destaque em Pomerode

Outdoors espalhados pela cidade chamaram a atenção para o movimento, que incentiva a economia local

c105df832450d7a2a976171dc04dcf7f.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

Tendo como objetivo incentivar a economia, especialmente, após a paralisação dos caminhoneiros, o Governo de Santa Catarina adotou diversas medidas para incentivar o consumo em solo catarinense. Uma delas, que vem dando certo e ganhando cada vez mais adeptos, é o movimento “Compre de SC”, um selo que foi adotado por diversas empresas catarinenses, identificando que se trata de um produto local.

A iniciativa já está movimentando os diversos setores produtivos e comerciais, e está sendo adotada por vários munícipios do Estado, inclusive Pomerode. A campanha, aqui, está sendo apoiada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Pomerode (CDL), por meio da colocação de outdoors em toda a cidade. 

Para o presidente da CDL, Félix Valentini, o movimento é muito importante para aquecer a economia do estado e, consequentemente, do município. “Através da Federação Catarinense dos Dirigentes Lojistas, chegou o pedido para a CDL também aderir e o fizemos, pois sabemos que é positivo, já que o movimento faz com que a economia seja aquecida dentro do estado, prestigiando os produtores locais”, afirma.

Ele também destaca que os produtores pomerodenses podem ser muito beneficiados, pois a campanha engloba todos os tipos de produção. “Estão incluídos todos os tipos de produto, inclusive os insumos agrícolas e produtos de metalmecânica. É importante incentivar o consumo do que é feito aqui, pois quanto mais consumo, maior será a geração de empregos e, mais essencial ainda, a manutenção deles. Para nós, como Câmara de Dirigentes Lojistas, nada mais certo do que apoiar a iniciativa e, consequentemente, os produtores e comerciantes de nossa cidade”, ressalta Valentini.

Quando o movimento foi lançado, o governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, frisou que a união faz com que Santa Catarina seja o melhor estado do país. Além do projeto “Compre de SC”, uma das assinaturas foi para o Compra Legal, um programa com o objetivo de incentivar os municípios, para que adquiram produtos e serviços locais, favorecendo a produção regional e, consequentemente, fortalecendo a economia de cidades catarinenses.
 

Pomerode é modelo

Em Pomerode, já existe um selo para valorizar os produtos locais. Desde 2015, várias empresas e comerciantes do município adotaram o selo “Feito em Pomerode”. A valorização do que é feito aqui, em nossa cidade, já é costume, tanto que, o próprio governo de Santa Catarina, usou nosso município como exemplo para defender o projeto “Compre de SC”.

Desde outubro de 2015, todas as empresas de Pomerode, tanto as que fabricam em larga escala, quanto os artesãos e pequenos produtores, podem aderir ao selo “Feito em Pomerode”, agregando valor ao que é produzido aqui.

A iniciativa foi desenvolvida através de uma parceria entre a Prefeitura, Associação Visite Pomerode (Avip) e Associação Empresarial de Pomerode (Acip). Pessoas físicas ou jurídicas podem aderir ao selo, para ser utilizado em produtos e embalagens produzidos exclusivamente na cidade.

Os selos têm prazo indeterminado para utilização, o que permite às empresas investirem em embalagens com o selo, sem que haja um prazo para o uso.

Como aderir à campanha 

Para identificar os produtos catarinenses, é possível baixar o selo com a logomarca da campanha “Compre de SC” do site da Secretaria da Fazenda e produzi-lo em gráficas. Além do selo, outros materiais estão disponíveis para reprodução, inclusive para colocar em embalagens.

Já o selo do “Feito em Pomerode” pode ser solicitado na Acip e não possui custo para utilização. As empresas só precisarão imprimir a quantidade que necessitam em uma gráfica.



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg