Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Mira certeira na busca dos objetivos

Nem bem haviam iniciado as competições dos 58º Jogos Abertos de Santa Catarina, em Caçador, e a cidade de Pomerode já conquistou duas medalhas. O feito foi realizado numa modalidade que, tradicionalmente, é destaque em nível estadual: o Tiro Carabina Apoiada.

cd15825f37974bc539e167c54925f07f.jpg Foto: -Wigold Klabunde, Jocemar Kreitlow, Marcos Glau, Celso Riemer e Osmar Milnitz: uma prata que representa muitoDivulgação

Nem bem haviam iniciado as competições dos 58º Jogos Abertos de Santa Catarina, em Caçador, e a cidade de Pomerode já conquistou duas medalhas. O feito foi realizado numa modalidade que, tradicionalmente, é destaque em nível estadual: o Tiro Carabina Apoiada.

As provas foram realizadas logo no primeiro dia de disputas, 07 de setembro, no estande de tiro do Parque das Araucárias, e mostraram muito equilíbrio. Tanto que os resultados ficaram muito próximos, sendo decididos nos “detalhes”. A campeã por equipe foi a cidade de Timbó, com 1.197 pontos, seguida de perto por Pomerode e Jaraguá do Sul, que somaram 1.195 acertos, no entanto, com vantagem para a cidade mais alemã do Brasil no decimal (1.250,20 x 1.248,90).

A medalha de prata foi muito comemorada pela delegação pomerodense, coordenada por Wigold Klabunde, uma vez que representa um degrau a mais em relação a 2017, quando o município terminou na terceira colocação. “Sem dúvida, é uma recompensa muito gratificante, pelo trabalho da equipe. Quando se entra em uma competição, temos sempre como objetivo alcançar bons resultados, e quando estes aparecem, é só alegria”, destaca.

Ele ressalta, ainda, que a preparação visava a conquista de um lugar no pódio. “Sempre treinamos com empenho, tentando corrigir falhas que, eventualmente, possam ocorrer. Há muito diálogo, com ajustes e muita confiança, para que, no dia da competição, tudo seja favorável. E como é histórico, o Tiro Carabina Apoiada sempre traz medalha para a nossa cidade. Assim, traçamos como meta fazer o pódio, ou seja, ficar entre os três primeiros colocados”.

No individual, Pomerode também fez um bom papel. O atirador Marcos Glau chegou à sua nona medalha em Jogos Abertos, ao ficar na segunda colocação. O equilíbrio também se fez presente, pois os quatro primeiros colocados fizeram 400 pontos, ou seja, 100% de aproveitamento.

A medalha de ouro foi para Alehandro Garlini, de Timbó, com decimal de 421,7. Na segunda posição ficou Marcos Glau, que obteve 420,5 de decimal, à frente de Samuel Lopes (Jaraguá do Sul), que somou decimal de 418,4. Além deles, o também pomerodense Jocemar Kreitlow alcançou 417,6 de decimal, ficando na quarta colocação e muito perto do pódio.

Glau menciona que uma grande dificuldade encontrada, esse ano, foi sair com os dois atiradores da equipe com resultados não muito favoráveis. “E as demais equipes, nossas principais adversárias, pontuaram bem nas duas primeiras disputas. E isso coloca uma pressão a mais nos dois últimos atiradores da sua equipe. Mas foi ali que nos superamos, o Jocemar e eu, fazendo 800 pontos em 800 possíveis, o que colocou Pomerode, novamente, dentro da disputa”, enfatiza.

As conquistas do pomerodense foram em Brusque 2010 (ouro por equipe), Criciúma 2011 (bronze por equipe), Caçador 2012 (ouro por equipe e bronze individual), Blumenau 2013 (bronze por equipe), Joaçaba 2015 (prata por equipe), Lages 2017 (bronze por equipe) e Caçador 2018 (prata por equipe e individual). “Esse ano, com certeza, esperava ganhar mais uma medalha. O sentimento que sempre fica é que você sabe que fez o seu melhor e que o ouro não veio por mérito do teu adversário”, comenta o atirador.

Tanto que, após as disputas em Caçador, a preparação se volta para o “quintal de casa”, uma vez que os Jogos Abertos de 2019 serão realizados em Pomerode, Timbó e Indaial. “A preparação será como sempre foi, com muita seriedade. Afinal, você não está naquela disputa representando apenas você, mas sim, todo município, principalmente àqueles que, como eu, são amantes desse esporte, uma tradição tão bonita praticada em nossa cidade”, enfatiza Glau, ressaltando o trabalho, com muita dedicação, realizado pelo coordenador, Wigold Klabunde.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg